Juliette é processada por vereador e Felipe Neto debocha

publicidade

O vereador Rubinho Nunes (União Brasil-SP) revelou através de seu perfil no Twitter, nesta terça-feira (5), que processou Juliette, acusando a cantora de ter usado dinheiro público para fins de campanha antecipada, a favor de Lula.

O político tomou essa decisão após a cantora, em seu último show, ser surpreendida pelo público com frases pró-Lula. Ele se refere à apresentação da ex-BBB em Salvador, na Bahia, quando fãs começaram a gritar em apoio ao candidato à presidência Luiz Inácio Lula da Silva, o Lula (PT). A paraibana emendou: ‘É sobre’, e na sequência, começou a cantar outra canção.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

”PROCESSEI A JULIETTE A “artista” quis usar dinheiro público para cometer dois ilícitos eleitorais: campanha antecipada e realização de showmício pró-Lula Junto ao @GutoZacariasMBL, processei esse absurdo! O dinheiro não vai ser utilizado para fazer campanha política de bandido!”, escreveu o vereador.

Felipe Neto debochou de vereador

Nos comentários da publicação, o youtuber Felipe Neto saiu em defesa de Juliette e resolveu debochar da situação. Imaginando que o político possa perder a ação, o famoso escreveu:

”Quando você perder, avisa a gente? Brasil tá precisando dar risada da cara de pessoas como você. Abraço, querido”, respondeu o influenciador. Ainda no Twitter, Rubinho Nunes acrescentou: “Opa, Felipe! Ficou tristinho que seus amigos não vão mais poder usar dinheiro público para sinalizar apoio ao cachaceiro? E fica tranquilo! Para o Brasil rir, basta você sair da banheira de Nutella e fingir que é inteligente, ou armar entrevista falando que está solteiro.”, disparou o vereador.

publicidade

publicidade

Juliette se posicionou contra Bolsonaro

Vale lembrar que, desde que se tornou uma pessoa famosa, Juliette sempre se posicionou contra o governo de Bolsonaro. Na época em que o Brasil atingiu a marca de 500 mil mortos por conta da Covid-19, por exemplo, a paraibana se manifestou:

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

“500 mil mortos no Brasil! Não são apenas números. É uma terrível consequência da negligência da gestão do atual governo Bolsonaro. Eles tinham como ter evitado essa tragédia. É claro que é Fora Bolsonaro“, disse ela, usando a hashtag em que pede a saída de Jair Bolsonaro.

publicidade

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›