Justiça concede liberdade para DJ Ivis após três meses de prisão

Depois de três meses preso o produtor musical Iverson de Souza Araújo, também conhecido como DJ Ivis, teve sua liberdade concedida pela Vara Única da Comarca de Eusébio, no Ceará.

Conforme informações do Diário do Nordeste, Ivis deixou a cadeia na última sexta-feira (22). Acompanhado de seu advogado, ele foi visto tentando esconder o rosto com um pano escuro.

Agora Ivis vai responder em liberdade pelo processo de violência doméstica movido por sua ex-mulher, a influenciadora Pamella Holanda. O músico estava no centro de triagem e observação criminológica do presídio desde julho, quando foi preso em um condomínio de luxo de Fortaleza.

Vale destacar que a liberdade de DJ Ivis só chegou após sete pedidos de habeas corpus. No último mês o artista teve o pedido negado até mesmo pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Nas redes sociais a soltura de Ivis causou revolta entre os internautas, que fizeram questão de expor toda a sua indignação. “Inacreditável q soltaram o Dj Ivis e já tem gente lambendo o cara. Pqp, q nojoooo”, disparou um usuário do Twitter.

“Dj Ivis solto, só prova o quanto a justiça do Brasil e podre”, “espero q depois do caso do dj ivis parem de perguntar pq a gente tem medo de denunciar”, “Dj ivis agrediu a mulher COM PROVAS foi preso e solto dps de 3 meses tá certo imundice”, foram outras críticas.

Novo relato

Recentemente Pamella Holanda decidiu fazer um desabafo em seu perfil do Instagram sobre saúde mental após a separação de DJ Ivis. A influenciadora, que foi vítima de diversas agressões do ex-marido, celebrou estar livre e saudável.

“Se vitimizar te paralisa. Se deixar ser tratado como coitado te põe no lugar de um. E nós não nascemos para sermos miseráveis, mesquinhos, limitados, rotulados… eu fui violentada fisicamente, psicologicamente, moralmente e nunca revidei, nunca respondi ninguém, nunca perdi minha paz nem gastei minha energia com absolutamente nada disso porque hoje eu sou livre. E se eu tivesse que pagar esse preço para ser livre, pagaria mil vezes”, iniciou ela.

“Eu escrevo isso sem nem enxergar direito chorando, mas feliz porque sou livre. Dona de mim. Tenho poder de escolha, decisão. Tenho paz. O mundo pode fazer o barulho que for, mas meu silêncio é amparado primeiro por Aquele que nunca abriu mão de mim, e pela certeza de que fiz o certo. Por mim e pela Mel. Antes eu repetia para mim mesma, me enganando, ‘tudo pela minha família’. Hoje eu repito em verdade: tudo pela minha filha”, desabafou.

MAIS LIDAS

Surenã Dias
Formado em jornalismo pela UNIME Salvador, possui passagem por rádio, jornal e trabalha com público de internet desde 2016. Atualmente tem focado em projetos de audiovisual, cultura pop e celebridades.
Veja mais ›