Lana Rhodes não gosta de ser chamada de ‘ex alguma coisa’

publicidade

Apesar de ser ex-paquita, Lana Rhodes deixou claro que não gosta de ser chamada de ‘ex alguma coisa’. Em conversa com a jornalista Carla Neves, da revista Quem, a atriz, atualmente no ar na novela ‘Nos Tempos do Imperador’, comentou sobre as confusões em torno de seu nome com o da ex-atriz pornô Lana Rhoades e outros assuntos relacionados à sua carreira e vida pessoal.

“Quando descobri, fiquei muito incomodada. Pensei em mudar de nome, achava um absurdo quando um produtor de elenco ou um conhecido dizia não me encontrar nas pesquisas porque só encontrava a moça. No momento, entreguei para o universo. Meu nome ainda não era um potencializador do meu trabalho. Durante muitos anos fui a atriz que fez a Becky, a atriz que fez a Esmeralda. Com as mídias sociais, as pessoas têm me encontrado pelo nome, e confio no tempo e nas possibilidades de transformação que o próprio destino traz. Agora eu tenho mesmo um profundo desejo de ser a Lana, e não a ex alguma coisa.”, afirmou ela.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

E por falar na época de paquita, Lana disse que todas as experiências que vivenciou daquela época, até os dias de hoje, fazem parte de seu aprendizado e sua evolução como artista.

“Tem 23 anos que eu fui paquita. Depois disso, já fiz 6 novelas, 3 minisséries, 9 espetáculos teatrais, alguns curtas-metragens e um monólogo de 30 minutos no média-metragem “Tônia, A Diva no Espelho”. Carrego toda uma vida de aprendizados que, além da paquita, me fazem a artista de hoje.”, ressaltou a famosa, de 35 anos de idade.

Vida pessoal de Lana Rhodes

Ao comentar sobre sua vida pessoal, Lana Rhodes falou sobre seu relacionamento com o fotógrafo, diretor e documentarista André Hawk.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

“Começamos a namorar em novembro de 2019, passamos todo o lockdown juntos e seguimos até hoje. Foi uma escola de amar. Nos fortalecemos na intimidade dos medos e nas recriações deste novo mundo.”, disse ela.

publicidade

A atriz contou também, sobre sua relação com a filha, Manuela, de 12 anos. “Manuela significa presente divino. E ela foi mesmo. Meu namorado diz que se eu contar minha história de vida vou ser chamada de Courtney Love brasileira. Vivi muito. A maternidade me salvou.”, declarou.

“Minha filha é um ser humano lindo, temos uma relação de segurança e verdade. Não acredito em castigo, acredito em mostrar para minha filha que a vida é feita de responsabilidades e que toda ação tem uma reação. Por esse motivo ela não tem necessidade de me enganar, de esconder as coisas, porque sabe que não vai ser punida, e sim orientada.”, disse Lana.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›