Letícia Spiller publica ensaio nas redes sociais

A atriz Letícia Spiller, de 48 anos de idade, deixou seus seguidores de boca aberta após atualizar o feed do seu Instagram. Em sua conta oficial nesta quinta-feira (15) a atriz posou em um ensaio de fotos nua. 

“Naked”, escreveu a loira na legenda da foto.

Não demorou muito para vários famosos comentaram a publicação: Dani Calabresa, Ary Fontoura, Adriane Galisteu, Paolla Oliveira, Zeze Barbosa, Danni Suzuki.

Letícia Spiller
Letícia Spiller (Reprodução/Instagram)

Em entrevista recente à revista Glamour, a atriz se abriu e falou sobre os momentos de pandemia, o rótulo de musa, maturidade e família.

Sobre a pandemia provocada pela Covid-19, a beldade contou que viveu altos e baixos:

“Acredito que seja um período de altos e baixos para todo mundo. Não posso reclamar porque eu tenho condições de ficar em casa, de cuidar das pessoas que amo e me proteger ao máximo. Mas a pandemia é um exercício diário para mantermos o equilíbrio e a saúde mental. Passei boa parte do isolamento no meu sítio. Saio apenas quando é necessário, quando tem algo de trabalho. Mas vejo muitos amigos em uma situação delicada. A cultura sofreu muito com o impacto da pandemia.”, falou ela.

Pessoas melhores pós pandemia

Sobre sair uma pessoa melhor depois de todo esse isolamento social, Spiller tem desconfianças:

“Gostaria de acreditar que sim, mas o que eu ando lendo, as coisas que eu vejo nas redes, acho que não. Acredito que, de alguma forma, todos nós fomos impactados, mas não sei se todos nós sairemos melhores. Acho que é uma utopia pensar assim… As redes sociais têm essa lente de aumento… Tem muita gente também se aproveitando desse momento de fragilidade para aprovar coisas que não favorecem quem está passando dificuldade. É difícil! Mesmo. Mas acredito que muitas pessoas buscaram as suas melhores versões e se conectaram com elas. Isso me dá esperança, mas não ilusão”, afirmou.

Rótulo de musa

A respeito do rótulo de ser uma musa, a atriz sempre trata como um elogio:

“Não, de jeito nenhum. Eu sempre encarei como um elogio. E ao mesmo tempo, sempre fui muito respeitada pelo meu trabalho. Eu tenho uma outra preocupação nos dias de hoje, que é incentivar essa imposição de um padrão de beleza, sabe? Vejo elogios sobre minha beleza na minha idade, faço 48, e fico pensando o quanto prejudicial é isso para outras mulheres. Nós somos únicas. Não quero ser referência para estimular esse padrão do que uma mulher deve ser. Não mesmo. Temos que celebrar todas as nossas fases, celebrar os nossos corpos como são, nossa pele… Tudo carrega a nossa história. E já passamos dessa fase de endeusar uma em detrimento de outras”, finalizou.

MAIS LIDAS

Veja mais ›