Lore Improta fala sobre maturidade após maternidade

Lore Improta usou as suas redes sociais para fazer uma reflexão a respeito de sua evolução como pessoa durante a maternidade. Em uma publicação no feed do seu Instagram, a dançarina do Dança dos Famosos, mencionou a sua maturidade e responsabilidade após o nascimento de sua filha Liz, fruto do seu relacionamento com Leo Santana.

“Recebi essa foto hoje e me enxerguei de uma maneira diferente nela: uma mulher séria, concentrada, focada. Uma Lorena mais madura, responsável e equilibrada. É assim que me enxergo hoje em dia. Tenho muito orgulho da minha trajetória, ciclos e, consequentemente, da mulher que venho me tornando”, começou ela.

“Quando engravidei, bateu uma ansiedade de como tudo seria, se eu continuaria com tempo pra produzir conteúdo, fazer minhas viagens a trabalho, dentre tantas outras coisas que transitam entre minha vida profissional e pessoal. Ouvi muito que tudo iria mudar e não seria mais a mesma. E mudou… pra melhor! Se eu tivesse dado ouvidos as expectativas negativas que queriam que eu acreditasse, com certeza eu não estaria me sentindo tão realizada”

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Por fim, Lore Improta deixou uma mensagem motivacional aos seus fãs e seguidores:

“Acreditem em vocês, não comparem os seus processos com os processos dos outros e nunca subestimem sua capacidade de se reinventar, de serem múltiplas. Sermos únicas é o que nos faz especial! Mesmo quando achamos que não vamos dar conta, nós damos. Só tenho a agradecer em especial a Deus e a @leosantana, por ter me dado Liz, trazendo muito mais sentido e luz a tudo que faço”, concluiu ela.

Rebateu haters

Há alguns dias, Lore Improta usou as suas redes sociais para responder alguns críticos a respeito do seu samba no pé. Na ocasião, a famosa se pronunciou por meio dos stories e afirmou que era impossível conseguir sambar por mais de uma sem dar uma pausa.

“Está uma onda na internet de ‘cadê o samba?’. Não tem condições da gente passar uma hora na Sapucaí sambando sem parar. Já não sambo tanto o caminho todo, meu pé já está lascado desse jeito. Se eu sambar uma hora, ou eu caio com a cara no chão, ou saio de cadeira de rodas. Não tem condições. Daí boto uma paradinha com a bateria, que me lasquei todinha para ensaiar, e vocês: ‘Cadê o samba? Não deixa o samba morrer’. Minha gente, está chato”, explicou ela.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›