Luan Santana lamenta situação do Pantanal e planeja live beneficente

Luan Santana (Reprodução/Instagram)
Luan Santana (Reprodução/Instagram)

O incêndio que tem tomado conta do Pantanal nas últimas semanas preocupa Luan Santana. Nesta última terça-feira (15), o cantor usou seu perfil do Instagram para manifestarsua indignação sobre a situação ambiental da região.

Através dos stories, o artista fez uma série de vídeos e afirmou que está planejando uma live beneficente, para tentar ajudar a localidade. O cantor disse que está em busca de patrocínio, para o projeto sair do papel.

“Estou há dois meses com um projeto na rua tentando buscar parceiros e marcas interessados em entrar com a gente nessa, para a gente salvar o Pantanal deste terrível momento que ele vive”, iniciou o sertanejo.

E completou: “A gente teve uma ideia de fazer uma live no meio do Pantanal para arrecadar doações em dinheiro, cestas básicas e tudo mais para conseguir ajudar as ONGs que cuidam de animais silvestres e comunidades ribeirinhas que foram afetadas por conta dos incêndios. Ou seja, para a gente conseguir tirar o nosso Pantanal, nosso patrimônio nacional, nossa maior planície alagada do planeta dessa situação”.

Natural da região do Matro Grosso do Sul, Luan falou sobre o carinho que tem pelo Pantanal e a vontade de ajudar com a situação de emergência, no entanto, ele precisa ter uma ajudar de algumas empresas e órgãos.

“Sou de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. Amo o Pantanal. Sempre que tenho um tempinho, alguns dias, a gente vai para o Pantanal pescar. Até agora a gente ainda não conseguiu viabilizar esse projeto porque não conseguiu parceiros. Mas se você, marca, empresa, seja quem você for, estiver interessado em ajudar a gente a salvar o Pantanal… vai ser o prazer ter você envolvido em um projeto que tenho certeza que vai fazer a diferença”, apelou Luan.

Luan Santana busca apoio

Em uma publicação no feed, Luan voltou a falar sobre o assunto e reforçou o fato de está há mais de dois meses em busca de apoio para fazer a transmissão solidária, mas não teve sucesso.

“Há dois meses, o Pantanal já estava em chamas. As notícias sobre as queimadas chegavam até a mim e eu pensando em como poderíamos ajudar. Foi então que tive a ideia de fazer uma live, direto do Pantanal, pra mostrar in loco o que está acontecendo. Ainda não tivemos parceiros interessados, mas deixo aqui, publicamente, que temos este projeto. E você, que tem uma marca ou empresa querendo fazer a diferença, neste momento, entre em contato. Vamos salvar o Pantanal! Vamos dar visibilidade a esta causa!”, escreveu ele.