Luan Santana se revolta com casos de racismo: “Dói tanto”

(Reprodução: Instagram)

Diversos famosos estão se posicionando contra casos de racismo que aconteceram nos últimos dias, tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos. O cantor sertanejo Luan Santana decidiu aderir ao protesto e lamentou tudo o que está acontecendo. Segundo o famoso, ele queria fazer uma música em homenagem, mas a dor que está sentido é muito grande, por isso, decidiu fazer um singelo post no Instagram.

“Eu queria dizer uma coisa muito especial agora. Meu coração me cobra isso a cada segundo. Queria aquecer, abraçar e acalentar todos que sofrem com a estupidez do racismo, fascismo e todos esses “ismos” que nos dividem. Eu queria ser muito especial nesse momento. Queria dizer frases que inspirassem vocês a não tolerarem mais serem mal tratados seja lá por quem for”, começou Luan, que divulgou três pessoas mortas durante operações policiais. 

Ele continuou: “Eu também queria fazer uma canção perfeita, mas dói tanto, é tão triste, que nada do que eu escrevo parece ser forte o bastante e meu coração me cobra isso a cada minuto. Então eu estou aqui: o Rafael, o Luan… quem seja lá que eu for, isso é o que menos importa. Só queria dizer que tenho orgulho de cada um de vocês que está se manifestando e lutando contra isso. Tenho orgulho de cada um que não se cala, não se entrega e nem se omite”.

Por fim, Luan explicou sobre não ter feito uma canção no momento e encerrou dizendo que seu coração pede sempre que posicione sobre casos de injustiça: “Não fiz a poesia desse sentimento, nem a música de engajamento, mas queria dizer que estou aqui, agora, amanhã e prestando atenção em tudo, movendo o que puder nesse mundo – porque meu coração me cobra e vai me cobrar daqui pra frente a cada minuto”.

View this post on Instagram

Eu queria dizer uma coisa muito especial agora. Meu coração me cobra isso a cada segundo. Queria aquecer, abraçar e acalentar todos que sofrem com a estupidez do racismo, fascismo e todos esses “ismos” que nos dividem. Eu queria ser muito especial nesse momento. Queria dizer frases que inspirassem vocês a não tolerarem mais serem mal tratados seja lá por quem for. Eu também queria fazer uma canção perfeita, mas dói tanto, é tão triste, que nada do que eu escrevo parece ser forte o bastante e meu coração me cobra isso a cada minuto. Então eu estou aqui: o Rafael, o Luan… quem seja lá que eu for, isso é o que menos importa. Só queria dizer que tenho orgulho de cada um de vocês que está se manifestando e lutando contra isso. Tenho orgulho de cada um que não se cala, não se entrega e nem se omite. Não fiz a poesia desse sentimento, nem a música de engajamento, mas queria dizer que estou aqui, agora, amanhã e prestando atenção em tudo, movendo o que puder nesse mundo – porque meu coração me cobra e vai me cobrar daqui pra frente a cada minuto. #blacklivesmatter #vidasnegrasimportam

A post shared by Luan Santana (@luansantana) on

DEIXE SUA OPINIÃO

comments