Lucas Lucco fala do preconceito ao gravar com Pabllo Vittar

O cantor Lucas Lucco, de 30 anos de idade, concedeu uma entrevista para o podcast Podpah, do youtube e disse que até hoje recebe varias mensagens de preconceito por fazer uma parceria com a cantora Pabllo Vittar, no videoclipe “Paraiso”. 

 “Eu sei que vocês da cena trap, rap e funk, eu sei que é uma galera que tem a cabeça mais aberta, que pensa mais à frente, mas no sertanejo ainda tem muito a parada do conservadorismo e eu recebi muitas críticas, você não tem noção quanto, até hoje… Tem gente que fala ‘o cara acabou com a carreira dele”, confessou ele.

“Esse é o meu papel como artista, eu quero chegar daqui a 50 anos e falar assim puts ‘tem um pedacinho meu ai contra o preconceito sabe? a  minha ideia não era só fazer a música com a Pablo porque eu conheço ela antes dela ser famosa pelo Instagram”, disse ele.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Harmonização facial

Recentemente, o cantor Lucas Lucco usou a sua conta oficial do Instagram para contar que retirou totalmente o procedimento de harmonização facial.

“Ô, galerinha, tudo bem? Ela foi a responsável por tirar aquela harmonização que acabei não gostando e a gente tirou 100% do produto que tinha. E agora a gente só vai fazer uns ajustes”, iniciou ele, que mostrou o antes comparando o seu rosto atual.

“Comecei a me reconhecer mais, a gostar mais da minha aparência já faz uns meses. Então, pro pessoal que pergunta, eu estou muito satisfeito. Assim que a gente conseguiu retirar todo o produto, consegui voltar com minhas expressões normais”, contou ele.

Por fim, Lucco disse que está bastante feliz e satisfeito com a retirada da harmonização: “Estou me sentindo bem melhor! Agora vou manter somente os cuidados essenciais. Se olhar no espelho e se sentir bem não tem preço, né? Então, fiquem tranquilos, viu? Dá, sim, pra reverter uma harmonização que você não tenha gostado”, disse ele.

Apoiou Pamella Holanda

Há pouco tempo, o sertanejo quebrou  o silencio e se pronunciou a respeito do caso do Dj Ivis, que agrediu covardemente a sua ex-mulher: “Sinto muito mesmo e penso nas mulheres que estão, nesse momento, pedindo a Deus pra que pelo menos HOJE a noite, ela não seja socada, empurrada com o filho no colo ou espancada verbalmente quando ele voltar pra casa”, pediu.

“Que bom que existem mulheres com coragem pra expor um agressor nas mídias sociais. Isso dá força pra muitas. Naquelas que ficam em silêncio por medo, muito medo de perder a vida”, concluiu.

 

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

MAIS LIDAS

Veja mais ›