Luciana Gimenez passa por perrengue ao trocar de roupa

A apresentadora Luciana Gimenez mostrou aos seguidores um perrengue ao trocar de roupa. De forma divertida, a famosa surgiu tentando vestir uma calça de academia dentro do carro e brincou com o situação.

“Você está lá lindíssima e maravilhosa e tem que ir para a academia. Olha onde a pessoa troca de roupa, no carro. Ainda bem que a roupa é academia. Não indico vocês a fazerem isso porque tem que usar cinto de segurança, e eu já vou botar o meu”, brincou ela.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Luciana Gimenez
Luciana Gimenez (Reprodução/ Instagram)

A famosa desabafou sobre abuso

Recentemente, Luciana Gimenez surpreendeu os seus seguidores ao fazer um longo desabafo sobre um relacionamento abusivo que sofreu. Em uma sequência de stories em seu Instagram, a apresentadora da Rede TV! alertou outras mulheres a procurar as autoridades.

“Todo mundo olha para mim e acha que a minha vida é perfeita, e não é assim. Eu já fui… Eu já tive um relacionamento, não era amoroso, era outro tipo, mas foi abusivo durante anos. Eu não sabia. Mais importante, se eu puder dar um conselho para vocês que estão me ouvindo, primeiro: Saber que está sofrendo abuso e entender isso na nossa cabeça e em nosso contexto. Muitas vezes a vítima não sabe”, começou a famosa.

“Na maioria das vezes. Não consegue nem discernir que está sofrendo abuso. Acha que ela que está provocando, que é culpada, que ela quem fez algo de errado, tem vergonha de contar. Primeiro é discernir: ‘Isso que está acontecendo comigo não é normal, eu estou sofrendo um abuso’. Seja psicológico ou físico, você tem que saber diferenciar”, desabafou.

Alertou

Na sequência, Gimenez alertou outras mulheres a procurarem ajuda caso estivessem sofrendo do mesmo problema:

“Se você souber de alguém que esteja indefeso sofrendo abuso… A gente tem que ficar de olho, tem que proteger as crianças e os mais fracos. Denuncie, ligue para a polícia. Não adianta ficar remediando, ligue para a polícia. Se tiver medo, ligue para disque denúncia, mas a sociedade precisa se unir contra a violência psicológica, sexual e moral. Chega, já deu”, alertou.

 “Eu estou aqui na luta, na batalha pelas mulheres e com as mulheres. Também estou mudando a maneira como eu ajo, esse machismo está em todas nós mesmo não querendo. Então, temos que trabalhar isso todos os dias para não errar, mas vamos errar em algum momento. Até sendo conivente e não observando”, finalizou ela

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›