Luciano Huck age de forma preguiçosa em “renovação” da Globo

Quando a Globo trocou Faustão por Luciano Huck, usou como justificativa uma “renovação” em sua programação dominical. Até aí tudo bem, não fosse o marido de Angélica colocar o mesmo conteúdo de sempre no novo Domingão.

Huck levou para os domingos o que já apresentava há anos nas tardes de sábado no Caldeirão. Sem tirar nem pôr. Tudo continuou como estava. Apenas o cenário mudou e olhe lá – o game Quem Quer Ser Um Milionário?, por exemplo, continua com o mesmo cenário.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

A única exceção foi o Show dos Famosos, quadro que Faustão já apresentava. Pelo menos a justificativa de mantê-lo é plausível, já que a atração estava vendida desde o início do ano e a Globo tem questões comerciais a cumprir.

Renovação na Globo?

Novo chefão do entretenimento da Globo, Ricardo Waddington decidiu que era hora de aposentar o Domingão do Faustão. O executivo avaliou que a grade de domingo necessitava de uma reformulação para renovar a programação. Esperava-se algo mais.

O que a Globo entregou foi mais do mesmo. Huck apresentando game show e fazendo matérias assistencialistas. Algo que, inclusive, as concorrentes já fazem. Rodrigo Faro e Eliana, por exemplo, se valem dos mesmos recursos em busca de alguns pontinhos de audiência a mais.

Luciano Huck se acomoda

A Globo promete novidades para as próximas semanas e um novo Domingão no próximo ano. O problema é o agora. A emissora poderia até argumentar que a estreia de Huck aos domingos aconteceu muito antes do previsto – o plano era que ele assumisse a vaga de Fausto Silva em janeiro de 2022. Mas essa desculpa não cola para apresentar um programa que de renovado não tem nada, além do título e cenário.

E Marcos Mion é a prova disso. Com o mesmo tempo de preparação e com menos recursos, o ex-contratado da Record teve desempenho melhor. Ele conseguiu renovar o Caldeirão e fazer o público esquecer do marido de Angélica logo de cara.

Com apenas uma edição, Mion transformou o formato “choroso” de Huck em um programa alegre e alto astral. Soube reinventar uma marca de 21 anos sem grandes investimentos. Renovou quadros reciclados e conseguiu transformar uma marca consolidada.

É a prova de que não precisa de muito esforço para sair da mesmice. Luciano Huck preferiu agir de forma preguiçosa e acomodada que contaminou os programas de auditório. E se valeu da boa audiência fiel que a Globo já tem.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

MAIS LIDAS

Vitor Peccoli
Publicitário, roteirista formado pela Casa Aguinaldo Silva de Artes. Escreve sobre TV e famosos desde 2013 | Contato: redacao@spinoff.com.br
Veja mais ›