Luisa Mell faz cirurgia e fala de cardápio vegano

publicidade

Nessa sexta-feira (24), Luisa Mell divulgou uma foto dentro do hospital, e em cima da cama, contou aos fãs que havia acabado de fazer uma cirurgia para reparar ‘erros’. Vale destacar que, nos últimos meses ela apontou ter sido vítima de uma cirurgia sem o seu consentimento.

“Oi amigos. Cirurgia realizada. Vocês sabem que estou lutando para conseguir reparar os erros. Mais um passo dado. Este post é para agradecer as inúmeras mensagens de carinho de vocês e para agradecer o hospital Eistein por agora ter comida vegana de qualidade!”, começou.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Na sequência, ela revelou ter se emocionado ao saber que não era a única do local que também havia optado pelo cardápio vegano. Além disso, ela disse que há algum tempo sequer existia a possibilidade.

“Há alguns anos, quando machuquei meu pé, passei fome. Não tinham ainda um menu vegano. Escrevi uma carta para o presidente e hoje o hospital tem várias opções! Confesso que também fiquei emocionada quando a nutricionista me falou que além de mim, tinham mais 3 veganos internados…e quase todas as enfermeiras que cuidaram de mim são vegetarianas ou veganas. As vezes fico cansada de tanto lutar, mas quando vejo mudanças assim, meu coração se enche de gratidão, esperança e força para continuar”, desabafou.

Reações dos fãs

“Gente, eu que relato mais fofo, amo demais essa mulher”, disse um admirador. “Poderosa demais, o seu talento é literalmente tudo”, elogiou a segunda pessoa. “Melhoras, amada”, completou a última.

Se defendeu

Nas últimas semanas, Luisa Mell se defendeu da acusação do roubo de um cachorro de raça durante um resgate de animais abandonados. Segundo ela, o seu instituto apenas ajudou as vítimas do ato precário.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Sobre as falsas acusações de ‘roubo de uma Borzoi’ que circulam nas redes sociais: trata-se ação penal contra Gabriela Sertorio Bueno de Camargo, onde mais de 140 cães, incluindo uma cadela da raça Borzoi foram apreendidos pela polícia em cumprimento a uma ordem judicial de busca e apreensão no canil da Gabriela Bueno, depois de denúncias de criação irregular de cães e tráfico de drogas”, apontou.

Ao concluir, ela revelou que medidas judiciais seriam tomadas “No local, que não era uma clínica veterinária, foram encontradas cadelas suturadas com linha de pesca, anestésicos e tesouras cirúrgicas, drogas. O Instituto Luisa Mell sempre esteve à disposição das autoridades policiais e está tomando todas as medidas judiciais contra as pessoas que vem espalhando acusações mentirosas e criminosas contra nós”, afirmou.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›