Luísa Sonza estampa capa de revista digital com look chamativo

publicidade

A cantora Luísa Sonza foi escolhida para estampar a primeira capa da edição digital da revista Rolling Stone Brasil. Através de seu perfil do Instagram, a artista compartilhou diversos cliques do ensaio fotográfico.

Ostentando sua personalidade rock star, a artista posou sem sutiã com um cinto de couro nos seios e uma meia calça rasgada, exibindo uma calcinha cavada. O registro rendeu mais de 160 mil curtidas.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Entre os comentários, os fãs encheram a caixinha de mensagens elogiosas. “CHEIA DE ATITUDE“, disse o jornalista Franklin David. “vc é maravilhosa demais meu amor”, disparou um fã empolgado com a capa. “meu deus essa capa tá FODA“, escreveu outro.

Em entrevista para a Rolling Stone, Luísa falou da relação que criou com seus fãs. “Quando você não tem respeito e nem um nome a zelar, você vai, amor. Já eu estou no meio, não posso estragar tudo. E quanto mais você entrega, mais insegurança aparece”, declara.

Passou por um susto com a família

publicidade

Ainda nesta quarta-feira (8), Luísa Sonza foi uma das convidadas do programa Encontro com Fátima Bernardes, onde ela relembrou um acidente que sofreu ao lado de sua família durante a sua infância.

O relato da artista surgiu logo após Fátima receber no programa dois rapazes que se colocaram em risco para ajudar uma família que sofreu um grave acidente no mar. Nossa, eu fico imaginando como eu seria. Se eu seria a pessoa que iria gritar pedindo ajuda, se eu seria a pessoa que ia ligar para a polícia ou aquela pessoa que teria a iniciativa. Porque, às vezes, a gente paralisa diante de uma coisa assim. Então, é bom quando a pessoa consegue agir, né?”, disse ela.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Emocionada, Luísa contou ter passado uma situação parecida quando tinha apenas oito anos de idade. Segundo a loira, o carro em que estava com sua mãe e bisavó capotou no meio da estrada.

“Eu gosto de agir muito nessas horas, em várias horas de pânico. Eu já me acidentei e fiz essas coisas assim, de salvar (…). Eu me acidentei com a minha mãe e minha bisavó, quando eu ainda era muito criança, com uns oito anos de idade. Aconteceu que o carro capotou e, com o carro de cabeça para baixo, as portas não abriam. Daí na hora eu tive a iniciativa e comecei a chutar a porta até abrir”, relembra.

“Eu fiquei chutando uma porta, como não abriu, eu tentei chutar outra e abriu. Quando conseguiu abrir, eu puxei a minha mãe e minha bisa para fora. Então, eu tenho essa iniciativa. Pelo menos nas coisas que já aconteceram, mas não sei, até então… Pois cada caso é um caso”.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›