Luísa Sonza fala sobre haters e faz revelação curiosa

Depois de lançar o álbum ‘Doce 22’, Luísa Sonza conversou com a Rolling Store, e disse que pela primeira vez, se sente mais amada na internet. De acordo com a própria, houve uma confusão muito grande com os seus sentimentos, em relação a isso.

“Eu estou aceitando viver esse momento. É o primeiro momento na minha vida que eu me sinto muito amada. E isso é muito especial. Até dias atrás eu estava confusa em relação a isso. Quando você se acostuma a estar em um lugar de muito confronto o tempo todo, muita dúvida, muita pressão negativa, vira até um lugar de conforto. Eu fiquei um pouco assustada”, afirmou.

Na sequência, ela elogiou o projeto que lhe consagrou ainda mais no mundo da música. “Eu me senti, de fato, curada de várias coisas que eu não tinha me curado. Doce 22 me trouxe esse carinho, eu recebi esse carinho e eu me assustei, também. Eu estava tão acostumada a não receber carinho que eu não soube lidar por um momento. Eu cheguei na internet já com uma negativa muito grande. Hoje em dia eu posso falar: ‘Tem pessoas que gostam de mim’. Eu acho que antes eu tinha mais pessoas me vendo do que fãs de fato… Ou talvez não me deixavam enxergar”, pontuou.

Vida amorosa

Em entrevista ao Poddelas, Luísa Sonza destacou que nunca levou fora, e ao falar sobre isso, disse que não enxerga como um problema. Além disso, ela relembrou os seus antigos relacionamentos.

“Nunca tive problemas com essas coisas. Nunca levei fora, essas paradas aí. Mas é porque eu namorei quase que minha vida inteira. Tive um relacionamento de três anos, um de cinco (com Whindersson Nunes) e um agora de um (com o cantor Vitão). O de três anos foi no colégio, na minha cidade. Tem contato com as pessoas da minha cidade. Com ele também. A gente se fala direto”, afirmou.

Em um outro trecho, ela contou a forma que conheceu o ex-marido, Whindersson Nunes. “Foi por causa desse vídeo que a gente se conheceu. Foi em vídeo de coisa engraçada. Eu estava cantando e eu me assusto. Eu me assusto de verdade. Aí o vídeo deu uma viralizadinha. Tem noção? Caiu literalmente um raio na minha frente em Tuparendi”, contou.

Ao concluir, a loira ainda disse ter iniciado na música aos sete anos de vida. “Eu achei no Instagram um assessor que trabalhava numa empresa que tal pessoa estava lá. Eu ficava: ‘Por favor! Olha aqui meus covers! É legal! Eu canto desde os 7 anos”, afirmou.

Rafael Carvalho
Formado em Jornalismo pela Faculdade das Américas (FAM), já apresentou programa de entretenimento relacionado ao mundo dos famosos e entrevistou artistas do meio.
Veja mais ›