Mãe de Paulo Gustavo comove ao anunciar homenagem ao filho

Mãe de Paulo Gustavo, Déa Lúcia Amaral emocionou ao anunciar o samba-enredo escolhido pela São Clemente. A escola de samba carioca vai homenagear o ator no Carnaval de 2022.

Em um vídeo divulgado pela São Clemente na web, dona Déa agradeceu o carinho da agremiação. Ela disse ter certeza de que o filho está feliz com a homenagem feita a ele.

“Em primeiro lugar, eu quero agradecer a São Clemente por toda essa homenagem que eles estão fazendo ao meu filho. E de onde ele estiver, ele está feliz. Estaremos todos na avenida da Sapucaí, com Paulo Gustavo presente”, declarou ela.

Paulo Gustavo morreu em maio, vítima de complicações causadas pela covid-19. A canção da escola de samba tem referências à obras do humorista que fizeram sucesso. Também cita o viúvo, Thales Bretas, e os dois filhos do casal, Romeu e Gael.

Mãe de Paulo Gustavo falou sobre aniversário

No último dia 17, Déa Lucia tomou café na manhã no Mais Você e conversou com Ana Maria Braga. Durante a entrevista na atração da Globo, a veterana, que estava completando 74 anos de idade, contou que não iria comemorar com ninguém além de sua família.

Ela revelou que iria passar a data somente com os netos e o seu genro, Thales Bretas.

 “Tem gente querendo me visitar, me chamando para sair, mas sinceramente não há clima. Aqui a comemoração vai ser eu, meu genro, meus netinhos, vamos comer algo e é isto”, disse ela.

Na ocasião, Déa enalteceu Thales Bretas, viúvo de Paulo Gustavo, e os seus dois netinhos, Gael e Romeu.

“Meus netos me ligam todas as manhãs para falar ‘Bom dia, vovó Déa”, contou ela, que recebe muita ajuda médica. “Sou aposentada pelo INSS e aposentado ganha uma merreca. Meu filho morreu e o Thales faz tudo por mim. Meu filho soube escolher muito bem”, afirmou.

No mês passado, dona Déa se emocionou ao falar do filho durante homenagem no Criança Esperança, na Globo. Na ocasião, ela também foi às lágrimas.

Paulo Gustavo não dava conselhos, seu modo de ser e de viver era o próprio recado. Ele era a própria esperança. O humor era uma forma de viver, que troca as lamentações pela graça, a piada, a generosidade e o trabalho firme”, declarou Déa Lúcia após a exibição de um vídeo do herdeiro.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Vitor Peccoli
Publicitário, roteirista formado pela Casa Aguinaldo Silva de Artes. Escreve sobre TV e famosos desde 2013 | Contato: redacao@spinoff.com.br
Veja mais ›