Mara Maravilha se declara para esposo: “tem me surpreendido como pai”

Mara Maravilha usou seu perfil do Instagram nesta terça-feira (7), para parabenizar seu esposo Gabriel Torres. Em uma publicação fofa, a apresentadora do SBT se declarou para o amado.

Mara reuniu uma série de fotos onde aparece ao lado de Gabriel e de seu filho mais novo, Benjamin. Com direito a um textão, Mara se disse surpresa com a dedicação do esposo desde a adoção do pequenino.

“Meu amor, parabéns. Você tem me surpreendido como pai. Eu e o nosso baby, Benjamim, te amamos pra sempre!!! Somos uma família e eu agradeço a Deus por ter nos unido com propósitos divinos!”, escreveu Mara.

“Muitas pessoas ficam questionando porque não mostramos o rostinho do nosso filho, vejam bem, temos muito orgulho dele, mas por uma questão judicial para preserva lo, escolhemos agir dessa forma; Há um tempo determinado para todas as coisas e agora vamos continuar irradiando a nossa felicidade dessa forma… ele é a nossa satisfação e prioridade”, explicou a cantora.

E acrescentou: “Quanto pais biológicos não aceitam ou assumem seus filhos e mais, todos nós somos filhos do coração de Deus pois o unigênito é Jesus, se é que me entendem… Benjamim é o protagonista da minha existência!!”.

https://www.instagram.com/p/CCXctJpJ2tH/

Evangélica pró-LGBT

Recentemente a artista acabou gerando polêmica nas redes sociais, após compartilhar no último dia 28, Dia Internacional do Orgulho LGBTQ+, uma publicação defendendo o direito das pessoas LGBTQ+ terem uma vida plena.

“Que fique claro e de coração…Eu apoio! Apoie também essa Lei e amar ao próximo como a si mesmo! Eu repudio veementemente a homofobia e quaisquer práticas discriminatórias! A Lei Estadual 10.948/2001 é pioneira no Estado de São Paulo, que é um Estado diverso, plural e livre, e veio para selar um compromisso nacional e internacional de combate ao preconceito contra a população homossexual, bissexual ou transgênero”, escreveu.

“É um dever de todos combater o preconceito, é um dever de todos combater a homofobia”, disparou a cantora gospel, que reúne uma lista de polêmicas junto à comunidade LGBT+.

Veja mais ›