Mariana Godoy anuncia saída da Band e surpreende com desabafo

Mariana Godoy anunciou a sua saída da Band (Foto: Reprodução)

Após seis meses de contratação, a jornalista Mariana Godoy usou as redes sociais na última quinta-feira (07), para revelar aos fãs que, não faz mais parte da emissora Band TV.

Para iniciar o comunicado, a famosa afirmou que optou em seguir em novos horizontes e caminhos.

“Tudo foi muito bom  e eu agradeço à Band por ter me acolhido com tanto carinho. A vida é feita de escolhas” e eu escolhi buscar novos horizontes”, escreveu Mariana.

Em seguida, ela fez questão de agradecer a todos os envolvidos em seus projetos. “Sigo em frente com o coração agradecido. Obrigada Johnny, a sua delicadeza de alma faz de você um ser humano especial. Obrigada Zimmerle, pelo convite generoso. Obrigada Rodolfo Schneider, Thays Freitas, Pedro Campos, Cláudio Humberto e toda a equipe da Rádio Bandeirantes, com vocês aprendi muito sobre esse veículo fascinante”, desabafou ela.

Por fim, Godoy demonstrou gratidão pelos momentos ao lado de pessoas queridas dentro da emissora. “Na Band eu reencontrei bons amigos e conheci muita gente linda. Obrigada a todos. Agora chegou o momento de partir e aonde eu for, de alguma forma, levarei um pouquinho de cada um de vocês. Sucesso pra todos nós, sempre”, concluiu ela.

Vida pessoal

Há pouco tempo a estrela contou em conversa com a apresentadora Adriane Galisteu, que um dos momentos mais difíceis de sua vida, foi quando optou em criar o seu filho sozinha, em meio a um término de relacionamento.

“Eu não sei se foi um momento que eu decidi, mas foi um momento que a vida decidiu por mim. Eu estava grávida e o relacionamento acabou. Aí, eu falei: ‘então vamos, daqui pra frente, sozinha, cuidar do filho”, falou ela.

Em seguida, Mariana se expressou sobre a situação e relatou ter sido um momento de bastante maturidade.

“Isso foi o momento de maior mudança. Eu falava diretamente com Deus. Eu abria a janela, punha a cabeça pra fora e gritava. Ter um filho sozinha, criar uma criança durante três, quatro anos sozinha foi um momento de muita maturidade. Forçada, mas muita maturidade”, argumentou ela, que se enxergou em uma situação complicada.

“Sempre fui muito certinha, muito CDF, muito estudiosa na escola e no trabalho, mas nunca tinha muitas experiênciais em relações pessoais, não sabia que as pessoas mentiam. Foi um momento de descortinamento. A realidade chegou, bateu à porta e falou: ‘Oi, você está sozinha e vai ficar sozinha, grávida”, finalizou ela.

Confira:

Veja mais ›