Mariana Xavier se emociona ao voltar no lugar que iniciou a carreira

A atriz Mariana Xavier, de 41 anos de idade, não se conteve e foi às lágrimas. A artista revisitou o lugar onde começou sua carreira dançando e atuando, no Grajaú Country Club, localizado no Rio de Janeiro.

“Revisitando o clube onde iniciei meu contato com a dança e o teatro, em que eu fiz minhas primeiras apresentações. Lá se vão mais de 30 anos!”, disse ela através de sua conta oficial do Instagram.

“Gente, eu estou emocionadíssima, que hoje resolvi fazer uma viagem no tempo… no teatro Dercy Gonçalves, no Grajaú Country Club. Foi aqui que a minha carreira começou, 1989, 1990, sei lá. nossa, muito emocionante pensar em tudo que aconteceu na minha vida desde o início desse sonho”, contou ela que estava acompanhada de seu namorado, Diego Braga.

“Quando esse sonho começou eu era criança ainda. E hoje tenho a felicidade de estar tão realizada profissionalmente. Impossível segurar as lágrimas”, ainda disse ela, que está à caça de um de seus professores. “Procura-se meu primeiro professor de teatro: Alexandre Mendonça. Se alguém conhecer, por favor, peça pra ele lançar um sinal de fumaça!”, finalizou.

Reencontro

Recentemente a atriz, revelou em suas redes sociais um encontro muito especial, tratava-se de seu pai João Vicente, e sua madrasta Nara, depois de passar dois anos sem o vê-los:

“Fazia quase dois anos que eu não via meu pai e minha madrasta. Eu e @diegobragaator encaramos quase 800 Km de estrada pra fazer essa visita tão sonhada, aproveitando pra comemorar meu aniversário! E ganhamos de presente a oportunidade de conhecer vários lugares incríveis que eu nem imaginava que existiam! Quanto Brasil ainda existe pra gente descobrir, né?”

Homenagem ao amigo

Mariana que ficou conhecida como a filha da Dona Hermínia, na franquia Minha Mãe É Uma Peça, desabafou em suas redes sociais, a saudade de seu amigo Paulo Gustavo:

“Dia desses ouvi do meu grande amigo @alexandrecoimbraamaral citando Freud, que quando a gente perde uma pessoa, a gente não perde “só” uma pessoa importante pra gente, a gente perde também o olhar dessa pessoa sobre a gente… e que é isso também que a gente chora… essa perda de um reconhecimento, de uma vibração, de uma torcida. Acho que ele desvendou a razão principal da minha dor, mesmo com todo o entendimento e consolo que a doutrina espírita me traz.

 “E se por um lado a dor pra mim tá sendo dobrada, eu sei que o carinho transmitido dos fãs deles pra mim também vem em dobro e me impulsiona a seguir adiante. A melhor forma de homenagear gente cheia de vida é continuar vivendo!”, terminou ela.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver as últimas notícias dos famosos e deixe seu comentário clicando aqui.

MAIS LIDAS

Paulo Afonso
Comunicólogo balzaquiano, paulistano, e com experiência vasta nesse mundo virtual. Adorador de séries, filmes, quadrinhos, e tudo o que envolve a cultura pop.
Veja mais ›