Matheus Baldi, do Fofocalizando, se pronuncia após expor Klara Castanho

publicidade

Matheus Baldi, apresentador do Fofocalizando (SBT), usou seu perfil do Instagram neste domingo (26), para compartilhar um pedido de desculpas para a atriz Klara Castanho. Ele foi um dos envolvidos na divulgação da informação sobre a gravidez da famosa.

Em nota, o jornalista disse que a situação que acabou dominando as redes sociais no último final de semana vai servir como uma grande lição. Ele pontuou dizendo que o caso provocará uma reflexão nos profissionais que cobrem celebridades.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

“Os fãs, movidos pelo carinho e admiração, desejam saber todos detalhes da vida do seu ídolo. Do lado de cá, como jornalista, minha missão é apurar todas as informações que recebo. Assim foi com a Klara”, disse ele.

Em outro momento, Matheus confessou que chegou a fazer publicações sobre a gravidez de Klara, mas até então não tinha a informação do estupro. Após receber uma ligação da atriz explicando tudo, ele decidiu por excluir suas postagens. “A reflexão e a mudança se tornam extremamente necessárias”, disse.

Ainda neste domingo, o caso de Klara também foi pauta de uma matéria exclusiva no Fantástico (TV Globo). A reportagem do programa apontou que Matheus foi o primeiro jornalista a expor detalhes sobre a gravidez da atriz, ainda no mês de maio.

Na época, Matheus realmente fez a postagem e horas depois apagou. No entanto, mesmo após ter excluído a notícia, ela ficou tempo o suficiente no ar para gerar boatos e especulações sobre a vida íntima de Klara.

publicidade

Investigação em órgão de saúde

publicidade

A repercussão do relato de Klara Castanho gerou uma grande indignação nas redes sociais. Isso aconteceu principalmente por conta da atitude dos profissionais de saúde durante todo o processo da gravidez.

Em sua postagem, Klara afirmou que ainda na sala de cirurgia, enquanto tentava se recuperar do parto, ela ouviu de uma enfermeira do hospital que a informação sobre sua gravidez poderia vir a cair nas mãos de colunistas de celebridades. E foi justamente o que aconteceu.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Diante do relato da artista, o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) e o Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren-SP), afirmaram que irão abrir uma investigação para tentar descobrir qual profissional vazou dados sigilosos sobre a atriz e a criança.

publicidade

“O Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) manifesta profunda solidariedade à atriz Klara Castanho. Que, após ser vítima de violência sexual, teve o seu direito à privacidade violado, durante processo de entrega voluntária para adoção. Conforme assegura o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Diante dos fatos, o Cofen determinou a apuração da ocorrência e tomará todas as providências que lhe couber para a identificação dos responsáveis pelo vazamento de informações sigilosas pertinentes ao caso.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›