MC Mirella toma nova atitude decisiva envolvendo Dynho

publicidade

Depois de anunciar o divórcio de Dynho Alves que está confinado em A Fazenda 13, MC Mirella participou do podcast com Virginia Fonseca e Camila Loures, e contou que já iniciou os trabalhos para remover as tatuagens feitas em homenagem ao ex-esposo.

“Tenho três tatuagens dele. Uma na virilha, essa na mão que são as iniciais dele ‘Dy’ e tenho o rosto dele aqui no braço. Tô removendo, já fiz a primeira sessão já e dói demais”, disse ela.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Na sequência, a funkeira revelou que espera pela saída do artista, para que ele fique ciente. “Ainda estou assimilando. Tenho que esperar ele sair para ele estar ciente, né? Nossa, vai ser babado. Tô decidida, mas vai caindo a ficha aos poucos. Quando eu estava separando as coisas para a mudança, você vai vendo as coisas saindo do lugar e parece um filme”, argumentou.

Em um outro trecho da conversa, a ex-participante de A Fazenda comentou que não esperava que a aproximação de Sthe Matos e o cantor fosse ser tão intensa. Além disso, ela contou que ambas conversavam por mensagens diretas no Instagram.

“A gente se falava pelo direct [do Instagram], mas não nos conhecíamos pessoalmente. Eu chorei no começo do programa, quando começou a aproximação, as coisas, eu chorei muito. É muito ruim você ver quem você ama, quem você gosta.. E eu tinha que chorar quieta, né?”, apontou.

Briga feia

Em conversa com alguns peões, Dynho contou que pouco antes de ser confinado no programa, brigou feio com MC Mirella por causa do visual. Segundo ele, a artista reprovou o seu cabelo natural, todo cacheado. De acordo com o influencer, eles ainda ficaram sem falar por alguns dias.

publicidade

“Meu cabelo estava igual o dela, um pouco maior. Enrolado igual o dela, muito enrolado. Eu estava usando assim na pandemia, desse jeitinho assim, igualzinho, e ela não queria que eu cortasse de jeito nenhum. Tinha até umas luzes assim porque eu tinha deixado crescer, estava igual o da Theté assim, com luzes e todo enroladinho. Cortei aqui assim, deixei raspadinho embaixo, ficou muito louco. De vez em quando ficava um blackzinho todo enroladinho. […] Quando eu cortei, rapaz… ela quase me jogou fora de casa”, contou.

“Você não avisou para ela, não? Já chegou cortado?”, perguntou Marina Ferrari. “Não, cortei em casa mesmo. Ela estava no quarto. Ela ficou no quarto fazendo uns negócios dela. Meu barbeiro toda quinta vai lá em casa, eu falei: ‘Mano, vou cortar, vou raspar meu cabelo, […] quero pintar, quero entrar o Dynho’. Fiquei a pandemia inteira deixando crescer”, detalhou.

Confira:

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

 

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›