Rebecca rebola com look cavadíssimo e provoca fãs: “malvadona”

A funkeira Rebecca deixou os seguidores do Instagram babando ao atualizar seu feed  com um vídeo provocante. A famosa surgiu fazendo uma coreografia ousada e foi alvo de uma enxurrada de visualizações.

Na postagem, a gata aproveitou o tempo livre para dançar ao som da música Malvadão 3, do rapper Xamã, que tem feito sucesso nas redes sociais. Com um biquíni fio dental dourado, ela ostentou suas curvas poderosas.

Cheirosa e malvadona 🥰“, brincou a artista, que mostrou que está por dentro das tendências da internet. O registro foi alvo de mais de 167 mil curtidas e, claro, vários elogios de admiradores famosos e anônimos.

Perfeitaaa“, gritou a apresentadora Maísa Silva. “Eu não te aguentooo🔥🔥”, disse uma seguidora impressionada. “Misericórdia que mulher é essa gente ?“, disparou outro internauta. “As pernas chega a tremer com essa deusa ❤️”, confessou mais um.

Nos últimos dias de 2021 Rebecca esteve no mesmo palco que Anitta. A famosa foi uma das atrações do evento Chá da Alice e fez questão de compartilhar vários cliques dos bastidores. Entre os comentários, a famosa recebeu uma declaração de sua amiga Anitta: “Te amo”.

Sexualidade e preconceito na indústria

Sem problemas em conversar sobre sua sexualidade, Rebecca, que é abertamente bissexual, contou em entrevista para Sabrina Sato que teve sua primeira experiência homossexual ainda na sua adolescência. A famosa afirmou que foi o seu primeiro beijo foi logo com uma menina.

“Eu era muito nova. Na época de primeira, segunda série. Eu me tranquei no banheiro com outra menina e dei um ‘estalinho’. Naquela época eu nem entendi o que era, mas meu primeiro beijo foi com uma menina. Na adolescência eu também senti vontade de beijar mulheres. Mas eu namorei a Suellen só com 17 anos, quando minha mãe soube”, disse ela no programa Sala da Sato, no Youtube.

Ainda durante o programa, a funkeira comentou sobre o preconceito que costuma enfrentar no meio artístico conta das letras e clipes sensuais. A cantora afirmou que apesar das críticas, muitas mulheres se sentem representadas com seus lançamentos.

“Ainda mais por ser cantora de ‘proibidão’. As pessoas não eram acostumadas a ouvir mulheres cantando sobre as suas vontades. E muitas mulheres mandam mensagens dizendo que gostariam de falar, mas nunca conseguiram. A gente sempre escutou, mas não podia pedir para chupar também?”, argumentou.

 

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver as últimas notícias dos famosos e deixe seu comentário clicando aqui.

MAIS LIDAS

Surenã Dias
Formado em jornalismo pela UNIME Salvador, possui passagem por rádio, jornal e trabalha com público de internet desde 2016. Atualmente tem focado em projetos de audiovisual, cultura pop e celebridades.
Veja mais ›