Mônica Martelli homenageia Paulo Gustavo 1 ano após morte

publicidade

A atriz Mônica Martelli usou sua conta no Instagram para prestar uma linda homenagem ao ator Paulo Gustavo, seu grande amigo. A morte do famoso completa um ano nesta quarta-feira (4) e vários artistas estão se manifestando na web.

04 de maio. Um ano sem você, um ano sem a sua alegria. Uma ano sem ouvir sua voz todos aos dias. Um ano sem fazer planos e projetos com você. Um ano sem ouvir suas opiniões sobre minha vida. Um ano sem fofocar nas madrugadas”, escreveu a atriz.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Ela finaliza falando que todas as lembranças seguirão guardadas. “Um ano sem rir de passar mal. Um ano sem um gênio que a vida me deu a oportunidade de conviver. Você faz muita falta meu amor. É difícil de entender. A vida sem você não é igual. Mas tudo que nós vivemos está fortemente guardado. Pra sempre”, finalizou.

Veja a homenagem de Mônica Martelli nas redes sociais:

Emoção

publicidade

Alguns dias depois da morte de Paulo Gustavo, Mônica Martelli participou do programa Saia Justa, do canal GNT, e desabafou sobre a falta do amigo e a vacina, que ainda não tinha chegado para todos naquela ocasião.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Todo mundo que amava o Paulo Gustavo tem que se perguntar: Por que que no Brasil não temos vacina suficiente? A gente tem que se perguntar. Não foi uma fatalidade. Ele era um homem saudável, sem nenhuma comorbidade. Existe responsável para isso (…) Eu fico indignada, mas o que eu sinto mais forte é perplexidade”, desabafou.

Indignada

publicidade

Em outro ponto, a atriz mostrou a indignação por ter perdido o amigo. “Na hora que fiz aquela placa, apenas duas doses de uma vacina que já existe, eu tava indignada e eu peguei a jaqueta do Paulo Gustavo em homenagem a ele. Aí lembrei de uma história e comecei a rir (…) Aí você vai pra dor. Aí você volta pra indignação”, continuou.

Assim que o Paulo foi entubado, fizeram um grupo dos amigos mais próximos para fazer relatório, passar boletim médico. (…) A gente só conseguiu atravessar esse deserto de dor que foram esses 54 dias por causa desse grupo. Ontem, a gente combinou que assim que acabasse a missa, a gente iria postar esse vídeo cobrando vacina. Ele tinha muito medo de morrer. Ele falava toda hora que tinha que tomar vacina. ‘Se eu pegar esse negócio, eu vou morrer”, concluiu a artista.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›