Morre o ator Paulo Gustavo, vítima da Covid-19

O ator e humorista Paulo Gustavo (Imagem: Reprodução/Instagram)

O ator Paulo Gustavo faleceu na noite desta terça-feira, dia 04 de maio. O artista travou uma dura e longa luta contra a Covid-19 e permaneceu internado em um hospital do Rio de Janeiro desde o dia 13 de março. Uma piora foi confirmada na tarde de segunda-feira (3) e, depois de um dia de muita tensão entre os fãs, sua morte foi anunciada.

A equipe de Paulo usou a conta oficial do ator no Twitter para anunciar a informação de que o humorista veio a óbito às 21:12 de hoje. “COMUNICADO OFICIAL. Último boletim médico: Às 21:12h desta terça-feira, 04/05, lamentavelmente o paciente Paulo Gustavo Monteiro faleceu, vítima da COVID-19 e suas complicações”, afirma. Na sequência, outros tweets falam sobre a família do famoso.

“Em todos os momentos de sua internação, tanto o paciente quanto os seus familiares e amigos próximos tiveram condutas irretocáveis, transmitindo confiança na equipe médica e nos demais profissionais que participaram de seu tratamento. A equipe profissional que participou de seu tratamento está profundamente consternada e solidária ao sofrimento de todos”.

Veja as publicações da assessoria de Paulo Gustavo:

Penúltimo boletim

No início da noite, a equipe de Paulo Gustavo publicou um boletim médico em que informava que o quadro de saúde do ator era irreversível. Até aquele momento, no entanto, ele ainda tinha sinais vitais. “Internado desde 13 de março, no Rio de Janeiro, com quadro de COVID-19, Paulo Gustavo permanece no Serviço de Terapia Intensiva. A equipe médica acaba de emitir um novo boletim“, inicia o aviso.

“’Após a constatação da embolia gasosa disseminada ocorrida no último domingo, em decorrência de fístula brônquio-venosa, o estado de saúde do paciente vem deteriorando de forma importante. Apesar da irreversibilidade do quadro, o paciente ainda se encontra com sinais vitais presentes’. A família do ator continua agradecendo todo o carinho e pedindo orações dirigidas ao Paulo Gustavo, assim como às demais pessoas acometidas por essa doença terrível”.

Tatá Werneck negou boatos

Mais cedo, a humorista Tatá Werneck, amiga pessoal de Paulo, decidiu responder a boatos de que ele havia falecido. Bastante chateada e irritada com as falsas informações disseminadas, ela desabafou.

“A situação do Paulo é muito grave. Mas ele está vivo. Parem. Parem de querer ganhar likes em cima dele. Nesse momento ele está vivo. Deixem o Paulo em paz. Deixem meu amigo em paz!”, pediu ela.

Em outra postagem, ela confirmou a gravidade do quadro. “A situação dele é grave. Mas mesmo assim é mto cruel darem uma notícia. Tirarem as chances e as esperanças. Paulo está vivo. Permanece lutando. Sabemos da dificuldade e da gravidade. Mas por favor não deem notícias para ganhar likes”, disse.

Thiago Freitas
Marketing - Centro Universitário de Belo Horizonte. Atua como redator para o nicho de TV e famosos.
Veja mais ›