Naiara Azevedo mostra corpo escultural nos bastidores

Naiara Azevedo sempre exibe o corpo de mocinha nas redes sociais, e recebe muitos elogios por causa disso. Nos últimos dias, a cantora sertaneja rendeu assunto ao mostrar cliques inéditos do clipe da música ‘Triscou já foi’, que conta com mais de dez milhões de acessos.

Nas fotos, a beldade surge com um body fio dental, que enfatizou ainda mais a sua boa forma e o corpo todo sarado e definido. “Sequência de fotos dessa cena poderosa do clipe da “Triscou Já Foi”! Não assistiu ainda? Corre lá no meu Facebook, assista com exclusividade e deixa um comentário dizendo o que achou! Vou ficar de olho hein”, avisou a famosa.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

“Ela é a dona do Brasil inteiro mesmo, morro de orgulho”, comentou um rapaz. “Coisa linda, além de cantar bem, nos envolve demais”, disse o segundo. “Perfeita”, completou o terceiro.

Analisou

Após ser eliminada do BBB 2022, ainda no início do programa, Naiara Azevedo tirou um tempo para refletir sobre o seu jogo, e confessou que lá dentro se torna mais difícil se enxergar, visto que é muito mais fácil criticar o próximo de forma intensa.

“Não, porque a gente não se enxerga. É mais fácil falar sobre o outro. Eu sei que eu sou uma pessoa de personalidade muito forte, sou expressiva, falo com as mãos, com o rosto, com o corpo. E algumas pessoas gostam muito; outras não gostam; e há quem fique assustado. Nem Jesus agradou a todos, então quem sou eu para agradar com esse jeitão meu? Se eu já tinha os dois olhos abertos, agora eles estão arregalados. A diferença de quem entrou para quem saiu é a certeza de que eu posso confiar na minha intuição”, apontou ela.

Dando continuidade aos seus sentimentos, a estrela confessou que se sentia culpada por conviver com pessoas falsas e que não lhe queriam tão bem assim.

“Eu me sentia culpada, me sentia mal por pensar que aquelas pessoas podiam estar sendo falsas comigo. Elas me abraçavam, me beijavam, falavam coisas boas, mas eu sentia a energia, via as risadinhas e os olhares, ouvia os sussurros. Eu entrava numa confusão mental muito grande: ‘Será que eu estou pensando mal das pessoas que me tratam tão bem?’ Isso foi me dando uma neura. Mas agora eu saio me sentindo orgulhosa por não ter desrespeitado a educação que meus pais me deram, por ter conseguido ser eu mesma e não ter sido rejeitada por isso. Sim, eu posso ser amada por quem de fato eu sou”, afirmou.

Confira:

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Rafael Carvalho
Formado em Jornalismo pela Faculdade das Américas (FAM), já apresentou programa de entretenimento relacionado ao mundo dos famosos e entrevistou artistas do meio.
Veja mais ›