Nas Maldivas, Ludmilla surge com peça rosa e causa alvoroço

A cantora Ludmilla quebrou a web ao compartilhar cliques de sua viagem as Maldivas. No feed de seu Instagram, a artista surgiu em meio a um lugar paradisíaco e ostentou boa forma.

“Baby, I’m the sweetest, pussy is the meanest 😏🍒”, legendou ela que estava acompanhada de sua esposa, a dançarina e ex-BBB Bruna Gonçalves.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Deu bronca em fã

Recentemente, Ludmilla se tornou um dos assuntos mais comentados ao dar uma bronca em um fã no Twitter. Na ocasião, o rapaz disse que iria guardar o dinheiro da inscrição do Enem para ir ao show da cantora.

 “Ia fazer enem esse ano, mas desisti porque agora eu pago, está [custando] 85 reais e to juntando dinheiro para o Numanice… tenho minhas prioridades!”, disse ele.

“Para de maluquice! Paga esse Enem e me manda seu nome e de um acompanhante que eu deixar anotado pra te colocar na lista de convidados pra quando o Numanice for pra Salvador”, disparou ela.

Preconceito sofrido no início de carreira

Há pouco tempo, Ludmilla surpreendeu ao revelar alguns preconceitos que havia sofrido no início de sua carreira. Em entrevista ao podcast Mano a Mano, de Mano Brown, a cantora confessou que realizou várias cirurgias por conta dos comentários durante os seus shows.

“Minha música estourou eu tinha 17 anos, a Fala Mal de Mim. Quando comecei a fazer cirurgia plástica, a primeira que eu fiz foi pra começar a ser aceita. No clipe não dá pra enxergar muito quem está cantando. Foi mais a voz, não a aparência. Muito contratante contrata, contrata, chegava no show e as pessoas viam quem era a MC Beyoncé. Falavam do meu nariz, da minha perna, do meu cabelo, e eu cantando e ouvindo aquilo”, disse ela.

“A gente aprendeu na escola que preto era feio, que cabelo crespo era horrível, que nariz largo é horrível, que beição grande era feio. Antigamente a gente não falava sobre racismo assim, abertamente, em todo lugar com as pessoas, aí, então a gente ia vivendo e esse era o certo”, completou.

“Com o tempo, eu fui aprendendo, pegando posse, reforçando e cuidando mais de mim porque sabia que tinha mais gente se guiando pelos meus passos. Eu vivo e respiro música. Ninguém sabe disso, nunca falei isso em nenhuma entrevista. Mas, o tempo todo eu estou escutando música, compondo, pesquisando, escutando a história de alguém para me inspirar. É o tempo inteiro. Eu sou muito musical, eu amo o que eu faço”, desabafou ela.

 

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›