Natália Deodato posta fotos em festa e look colorido encanta

publicidade

A influenciadora Natália Deodato usou seu perfil do Instagram para compartilhar com os fãs uma série de fotos do sua passagem pelo São João da Thay, evento beneficente realizado por Thaynara OG, em São Luiz do Maranhão.

Na postagem, a famosa surgiu esbanjando plenitude e exibindo cada detalhe de seu visual colorido, escolhido a dedo para a festa, que contou com a presença de vários ex-participantes do Big Brother Brasil.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Meu primeiro ano no @saojoaodathay e digo que está sendo uma enorme satisfação fazer parte e também prestigiar esse evento lindo 💙”, disse Natalia.

Para a ocasião, a mineira usou um vestido estampado com várias aplicações de flores. Através de outro trecho da legenda, Nat revelou que o visual tinha o objetivo de representar os artesãos do estado do Maranhão.

“Minha roupa utilizei para representar todos artesãos desse Maranhão lindo! Muitas famílias aqui além do turismo vivem da arte, como crochê, pinturas, bordados e vários artesanatos lindos para movimentar a renda familiar e somar com a economia desse lugar lindo! O responsável por essa obra de arte @georgeazevedo.art conseguiu retratar muito bem, além de trazer o toque de meu emoji 🐆🐆🐆❤️”, disse.

Ela completou agradecendo pelo convite recebido: “É lindo de ver uma movimentação tão grande por uma causa tão necessária. Parabéns @thaynaraog e @unicef por esse feito!”.

publicidade

Caso de racismo

publicidade

No início do mês, Natália Deodato deixou os fãs preocupados ao revelar que havia passado por uma situação de racismo durante sua viagem pelo México. A famosa disse que foi acusada de roubar um hospede do hotel que estava hospedada, em Cancun.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Através dos stories, a ex-BBB apareceu abalada ao relatar a situação. Ela chorou dizendo que um homem chegou a gritar com ela no meio do sagão do hotel.

“Eu estava no saguão e tinha uma bolsa jogada no saguão e eu peguei com a pontinha da mão e fui levar para o moço da recepção. Quando cheguei lá tinha um moço e ele começou a gritar falando em outra língua. Eu deixei a bolsa, disse que estava jogada no chão sem ninguém e entreguei. Ele me disse que o cara era o dono. Ele [o dono] começou a gritar comigo e o pior de tudo: porque eu sou preta”, disparou ela.

“Ele falou que eu tinha pegado, como se eu precisasse pegar as coisas de alguém. Eu falei: pode abrir, vê se aconteceu. Ele abriu e viu que não tinha sumido nada. Ele continuou me acusando. Nunca precisei passar por isso”, continuou.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›