Nego do Borel faz novas revelações sobre Duda Reis

Nego do Borel (Reprodução/Instagram)
Nego do Borel voltou a comentar sobre Duda (Reprodução/Instagram)

O jornalista Léo Dias publicou o vídeo de uma entrevista com o cantor Nego do Borel que, desmentiu suposta acusações de de Duda Reis.

“Fui pego de surpresa, nem sei quem é a Duda hoje. Às vezes eu olho e penso: ‘caramba, o que está havendo?’. Ela está me acusando de estupro, nunca fiz isso. Não sei de onde ela tirou isso”, iniciou ele.

Em seguida, o ator foi claro e afirmou que por mais que brigavam constantemente, nunca agrediu a atriz.

“Nós ficamos juntos dois anos e oito meses. A gente tinha gostos diferentes, ela gostava de um tipo de música, eu gosto de outro. As minhas amizades são diferentes. Discussões tem em todo relacionamento. Briga acontece, muitas vezes a gente discutiu. Agora eu pegar, agredir e bater, isso nunca aconteceu. Nunca fiz isso com ela”, argumentou ele.

Traição e HPV

Na mesma conversa, o carioca voltou a afirmar que admite ter traído a ex-noiva, por umas três vezes. Além disso, ele afirmou que boatos de que teria transmitido HPV a ela, lhe deixaram surpreso.

“Eu já traí ela. Não foi só com uma pessoa, tiveram outras também, umas três. Eu me cuido muito, sempre usei camisinha. Eu fiquei surpreso. Eu não sei, ela falou uma vez sobre isso… o pai dela inventa um monte de coisa. Eu não sei se eles inventaram. Acho que ela tinha que conversar comigo, mas não teve conversa… ela se resolveu com eles lá. Eu vou fazer exame porque para mim é novidade. Mas eu vou saber do meu”, declarou ele.

Desabafo anterior

Na última quarta-feira (14), Nego por meio de um vídeo nas redes, afirmou que reunirá provas para mostrar aos fãs que não é a pessoa que a ex-noiva vem descrevendo na internet.

“Continuamos conversando como amigo, estava tudo bem (…). Estou tomando todas as medidas legais para provar para vocês que não sou esse cara que ela está falando. Não quero ficar nas redes sociais denegrindo a imagem dela. Se é para me defender, para mostrar quem eu sou, eu vou até o final, vou brigar por isso”, iniciou ele.

Por fim, ele ainda comentou que ambos eram bem diferentes. “Ela não gostava que eu recebia meus amigos em casa, falava que a toalha que meus amigos se secavam parecia pano de chão, que a casa ficava toda bagunçada. Quando eu ia no Borel ela também não gostava”, finalizou ele.

Confira:

Veja mais ›