Ney Matogrosso se explica após postar foto por engano

publicidade

Ney Matogrosso se pronunciou e abriu o jogo após publicar uma foto do pênis nas redes sociais no último domingo (29). O cantor admitiu que a imagem era dele mesmo, mas explicou a situação.

Em um momento de descuido, Ney postou foto das partes íntimas em seu perfil no Instagram. Em entrevista à revista Veja, ele confirmou que a foto era dele, mas que publicou por engano. De acordo com o artista, a intenção era enviar o conteúdo por meio de um aplicativo de mensagens.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

“Queria mandar por WhatsApp, mas apertei o botão errado e publiquei por engano, explicou o cantor.

Após a publicação por engano, Ney logo apagou a postagem em questão de minutos. Mas a foto já estava circulando pela web e o nome dele foi parar entre os assuntos mais comentados nas redes sociais.

Ney Matogrosso fala sobre intimidade

Em julho, Ney abriu sua intimidade em entrevista ao jornal O Globo e revelou curiosidades de sua vida pessoal. Na ocasião, ele afirmou que a pandemia afetou sua vida sexual.

“Não sei o que é encostar num corpo humano faz tempo. Tem horas que fico enlouquecido com isso. Fico ‘sai da minha cabeça, sai da minha cabeça’ [risos]. Sinto falta de um corpo encostando no meu. Não tem como, né? Não sou louco. Conheço muita gente que não respeita [a quarentena]. Eu não tenho coragem”, disse.

publicidade

Aos 80 anos, o cantor contou que sempre teve uma vida sexual ativa. Mas por causa do impedimento causado pelo isolamento social, está “subindo pelas paredes”.

“Na verdade, acho que esse é o normal. É que as pessoas botaram na cabeça que, com essa idade, não pode. Pode, sim! Tem muita gente com 70 anos com a vida sexual ativa. Eu tive a minha ativa até a entrada dessa pandemia. Agora, fico aqui, subindo pelas paredes”, afirmou.

publicidade

Na entrevista, Ney Matogrosso foi questionado sobre o uso de aplicativos de relacionamento, mas garantiu que nunca usou.

“Ah, não entro nesses lugares, nunca entrei. Um amigo me mostrou o Grindr e falei: ‘Mas é esse açougue?’. Não quero, não me interessa. Não é caretice, não preciso estar casado, mas preciso de um clima, sabe? Ali não tem nenhum. Já saem perguntando tamanho de p*u. Que coisa caída!”, declarou.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

“Lá nos anos 1970, eu também não tinha nenhum pudor com relação a isso. A primeira pessoa que encostasse perto de mim, que me desse tesão, eu ia. Na praia, na rua… Mas tinha um olho, um pé que encostava, sabe? Não era “comprar” assim…”, completou ele.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›