Neymar manda recado para Karol Conká após eliminação no BBB 21

Neymar e Karol Conká
Neymar e Karol Conká (Foto: Montagem/Reprodução)

Neymar tem se mostrado um telespectador fiel do Big Brother Brasil. Além de assistir, ele também tem compartilhado suas opiniões sobre o reality nas redes sociais, seja defendendo participantes ou criticando a postura de alguns deles, assim como todo bom twitteiro.

Desta vez, o jogador do Paris Saint-Germain, mandou um recado para a cantora Karol Conká, que foi a eliminada do programa na noite da última terça-feira (23), com o maior índice de rejeição da história do BBB. Na ocasião, a rapper teve 99,17% dos votos. Através do twitter, o craque deixou uma mensagem de apoio para a ex-sister.

“Não curtimos seu estilo de jogo, sua participação e tudo mais, por isso que você ‘tombou’. Que você seja muito feliz aqui fora e repense em tudo que fez no seu jogo, vida que segue e ela é feita pra aprender… bola pra frente!”, escreveu ele.

Em seguida, Neymar voltou a ironizar uma outra participante que ainda está no reality. Desta vez, ele brincou com o choro de Lumena, que ficou muito abalada após a saída de Karol. “Calma, Lumena, não chora. Semana que vem a gente te tira para você ir ver a Karol, tá? Fica bem. Beijo”, disse o jogador.

O craque também brincou com a relação entre a porcentagem de votos de Karol, com uma tatuagem que ele tem na perna. Na ocasião, a tatuagem diz “1% de chance 99% de fé” e ele brincou fazendo uma alteração. “1% de chance .. 99% Karol Conká”, escreveu o rapaz em seu Twitter.

Contra o linchamento virtual

No entanto, apesar das brincadeiras, o ex-namorado de Bruna Marquezine manifestou-se contra o linchamento virtual que ocorre nas redes sociais. Um dia antes da eliminação, ele publicou um tweet fazendo um apelo aos internautas.

“Galerinha, vamos combinar uma coisa, Karol Conká vai sair com a maior porcentagem do BBB e depois disso nós vamos deixar a coleguinha em paz, viver a sua vida outra vez… Fechou? Não precisamos levar o jogo que ela jogou no BBB pra vida aqui fora, isso não é justo!”, escreveu.

Veja mais ›