Nyvi Estephan posa de biquíni e celebra conquista pessoal

A apresentadora gamer Nyvi Estephan, de 30 anos de idade, usou as suas redes sociais para celebrar uma conquista pessoal. Em seu Instagram, a influenciadora digital compartilhou uma foto em que aparece de biquíni fio dental na piscina e celebrou a conquista de sua casa própria.

“Esse ano estou concluindo a realização de mais um sonho meu cantinho, minha casinha, que eu sei que batalhei muito e sou merecedora, mas também sei que sou muito privilegiada por trabalhar com o que eu amo e poder ter mudado tanto assim de vida. Na minha escala de prioridades, nesses mais de 10 anos trabalhando, eu sei que eu fui o mais acertiva possível: primeiro eu ajudei a minha família, depois me preocupei em ajudar os outros, e depois conquistei o meu lar!”, iniciou ela.

“Que está lindo e com as coisas bem a minha cara e do @fecastanhari também. Que 2022 pare de trazer tanta chuva, que eu tenho certeza que ela tá vindo só porque é o que acontece quando o pobre muda de vida e consegue comprar uma piscina kkkkk eu ainda vou mostrar mais detalhes pra vcs, inclusive do meu “gameoffice” 😂, mas é que a obra não acabou ainda, mas já antecipo que meus móveis da área da piscina tão a coisa mais linda”, encerrou.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Momento delicado no início de carreira

Recentemente, Nyvi Estephan concedeu uma entrevista para o programa Otalab, do Uol Splash. Na ocasião, a apresentadora abriu o coração e falou sobre o início difícil de sua carreira. A famosa disse que era muito julgada pelas suas roupas em um ambiente masculino.

“Eu trabalhava com moda e estava acostumada a lidar com mulheres. E não existia isso de comprimento de roupa, de como a gente deveria se vestir… A gente usava minissaia, decote, shortinho. Quando eu entrei nesse ambiente masculino, foi um choque ver que tinha gente que julgava a roupa que eu estava usando”, relatou ela.

Na sequência, a influenciadora admitiu que por ser uma mulher, era questionada se realmente tinha algum talento para estar no mundo dos games:  “Eles me questionavam por eu ser uma mulher: ‘Você gosta mesmo? Joga mesmo?’. Esse excesso de cobrança me fez perceber que eu estava no lugar em que eu precisava estar. Era importante eu estar lá, representando essas mulheres”, disse a apresentadora gamer. 

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

MAIS LIDAS

Veja mais ›