Paolla Oliveira exibe plenitude em clique de cara limpa

Aos 40 anos de idade, Paolla Oliveira segue impressionando pela sua beleza radiante. Em seu Instagram, a atriz compartilhou uma sequência de cliques em que aparece usando uma maquiagem básica, no qual a sua beleza natural ficou em destaque. 

Poupando bastante na legenda da publicação, a atriz usou apenas um emoji de coração. “❤️‍🔥”, escreveu ela, que recebeu mais de 100 mil curtidas e vários elogios. 

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Veja a publicação de Paolla Oliveira nas redes sociais:

Segredo para manter o corpaço

Sempre muito elogiada pelo seu corpaço, Paolla Oliveira abriu o jogo e revelou a fórmula para manter a sua boa forma. Em entrevista recente a revista Quem, a atriz confessou que costuma ter uma vida mais saudável por meio de reeducação alimentar.

“Agradeço muito aos elogios, mas não fiz nada de especial. Ainda nem entrei no ritmo do Carnaval. Mas vim de um projeto, que me dediquei fisicamente, que foi a Dança dos Famosos. Acredito que fazer uma reeducação alimentar para ter uma vida saudável é melhor. Não fiz nenhum tratamento especial, mas tenho levado uma vida mais equilibrada e saudável”, contou ela.

Rainha de bateria da Escola de Samba Grande Rio, do Rio de Janeiro, Paolla comemorou a volta dos carnavais após a pandemia da Covid-19: “Não só para quem participa efetivamente do Carnaval, mas todo mundo que sofreu com as restrições da pandemia. Mesmo com essa situação toda de insegurança, agora a gente está conseguindo caminhar com um pouco mais de esperança. Vai ser muito emocionante o retorno dessa festa tão importante para as pessoas e a economia do nosso país. Espero que a gente consiga caminhar, cada vez mais, com conscientização, vacinados, para voltarmos com segurança ano que vem”, celebrou ela. 

Aprendizado na pandemia

Em outro ponto da entrevista, Paolla comentou sobre o seu aprendizado pessoal durante o isolamento provocado pela pandemia da Covid-19.

“O maior aprendizado desse período de pandemia e isolamento foi entender que realmente a gente não controla nada e somos muito pequenos diante do mundo e de todas as coisas que podem acontecer. O ser humano gosta de conviver com outras pessoas. Acho que a gente está nessa vida para viver em comunidade e sentimos muita falta do afeto, dos abraços. É muito bom poder voltar a alguma normalidade, que na verdade não existe, mas que a gente reconhece como novo normal” refletiu.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›