Paolla Oliveira manda mensagem para Klara Castanho após caso de abuso

publicidade

A atriz Paolla Oliveira usou sua rede social na noite do último sábado (25) para enviar uma mensagem de carinho e acolhimento para a atriz Klara Castanho, que revelou no mesmo dia ter engravidado após ter sido alvo de um estrupo. As duas viveram mãe e filha durante a novela Amor à Vida, em 2013.

Em sua postagem, a atriz deixou claro que guarda muito carinho e afeto por ela. A namorada de Diogo Nogueira ainda completou dizendo que existem muitas pessoas que estão ao seu lado.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

“Filhota, você é muito especial e eu estarei sempre ao seu lado. Você é maior do que qualquer um ou uma que queira se promover ou promover o ódio com seu nome. Amo você” começou Paolla.

“Sinta meu abraço. Sinta-se acolhida por todos que te respeitam. É o que importa sempre, focar no respeito, amor e na justiça”, finalizou Paolla.

O caso de Klara veio à tona após a apresentadora Antônia Fontenelle iniciar um boato nas redes sociais sobre a existência de uma atriz de TV e streaming que teria dado seu filho para adoção.

Klara desabafou com postagem

Através de um longo texto compartilhado em seu Instagram, Klara contou que decidiu expor sua situação mesmo ainda passando por muita dor ao relatar o ocorrido. A famosa disse que descobriu a gestação poucos dias antes dela chegar ao fim.

“Não posso silenciar ao ver pessoas conspirando e criando versões sobre uma violência repulsiva e de um trauma que sofri. Fui estuprada. Relembrar esse episódio traz uma sensação de morte, porque algo morreu em mim. Não estava na minha cidade, não estava perto da minha família nem dos meus amigos”, começou ela.

“Eu não tinha (e não tenho) condições emocionais de dar para essa criança o amor, o cuidado e tudo o que ela merece ter. Entre o momento que eu soube da gravidez e o parto se passaram poucos dias. Era demais para processar, para aceitar e tomei a atitude que eu considero mais digna e humana”, ainda explicou.

Relatou constrangimento

publicidade

A artista ainda disse que além de ter sofrido abuso físico, ela passou por momentos de constrangimento no hospital, onde profissionais fizeram comentários sobre a possibilidade de expor o caso na mídia.

Segundo Klara, um colunista de celebridades famoso chegou a entrar em contato com ela após o nascimento da criança, mas ao explicar sua situação, ele decidiu deixar a informação nos bastidores.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

“A verdade é dura, mas essa é a história real. Essa é a dor que me dilacera. No momento, eu estou amparada pela minha família e cuidando da minha saúde mental e física. Minha história se tornar pública não foi um desejo meu, mas espero que, ao menos, tudo o que me aconteceu sirva para que mulheres e meninas não se sintam culpadas ou envergonhadas pelas violências que elas sofrem. Entregar uma criança em adoção não é um crime, é um ato supremo de cuidado. Eu vou tentar me reconstruir, e conto com a compreensão de vocês para me ajudar a manter a privacidade que o momento exige. Com carinho, Klara Castanho”, finalizou.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›