Paula Fernandes relembra parceria com Taylor Swift

Em clima de nostalgia, a cantora Paula Fernandes usou o perfil do Instagram nesta quarta-feira (26), para relembrar a parceria internacional que fez com a cantora Taylor Swift.

Na época, Paula dividiu os vocais com a diva norte-americana na canção Long Live, que acabou sendo um dos maiores sucesso de 2011. Na postagem, Paula compartilhou trechos do clipe e destacou a parceria como “inesquecível”.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

“E quem disse que só temos que relembrar os bons momentos em dia de #tbt? Hoje eu quero celebrar esse feat inesquecível com a @taylorswift”, disse a musa do sertanejo.

Entre os comentários, os seguidores ficaram loucos com a publicação e relembraram como a música marcou época. “Caramba!!! Adoro essa versão! 2011…hummm”, disse o comediante Guilherme Santana.

“Inesquecível essa parceria. ❤️❤️❤️”, “Época maravilhosa, e a música continua sendo incrivelmente perfeita ❤️”, “Adoro todas as suas canções❤️”, “Vocês foram IMPECÁVEIS. Eu amooooo ❤️”, foram outras mensagens deixadas pelos fãs da artista.

De olho na saúde

Dona de um corpaço, a cantora Paula Fernandes conversou com a revista Marie Claire sobre como faz para manter o físico em dia. A artista garantiu que faz muitos treinos e também investe em uma alimentação mais saudável.

“Invisto na saúde, o que também acaba refletindo no corpo. Cortei doces, glúten e tenho um acompanhamento de uma nutróloga. Me alimento bem e não como besteiras, então acho que isso ajuda bastante. Tenho investido bastante na parte dos exercícios físicos. Às vezes estou cansada, mas é uma coisa que me renova imediatamente. Me sinto muito bem”, afirmou.

Apesar de sempre compartilhar parte da rotina de exercícios com os seguidores, a famosa disse que nem sempre ela acorda cheia de disposição de ir para a academia.

“Não pratico atividades todos os dias porque não tenho tempo, mas comigo não tem desculpas. Malho até no hotel depois dos shows. Chegando em casa, minha personal vai lá e fazemos um treino. O importante é não deixar de malhar”, relatou.

“Tudo tem que ser pensado com antecedência. Tem gente que espera fazer 40, 50 anos para começar a cuidar da questão hormonal. A partir dos 25 anos a gente começa a ter uma queda natural. Já procurei um especialista para não ser surpreendida depois. Não senti diferença porque sempre tive muita disposição e meu metabolismo sempre foi muito rápido. Sou disposta, disciplinada e estou investindo em tudo de melhor que está a meu alcance”, desabafou.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Surenã Dias
Formado em jornalismo pela UNIME Salvador, possui passagem por rádio, jornal e trabalha com público de internet desde 2016. Atualmente tem focado em projetos de audiovisual, cultura pop e celebridades.
Veja mais ›