Paulo Ricardo se declara para namorada

Paulo Ricardo e Isabella Pinheiro
Paulo Ricardo e Isabella Pinheiro (Reprodução/ Instagram)

O amor é lindo. Paulo Ricardo que o diga. O cantor usou as redes sociais nesta terça-feira (05) para demonstrar mais uma vez todo o sentimento que tem pela namorada, a fotógrafa Isabella Pinheiro.

Mas desta vez o motivo teve um quê especial já que era aniversário da moça. Com uma série de fotos dos dois juntos, ele escreveu na legenda da imagem:

“Hoje é o dia D, o dia dela, dia da Bella, meu amor à luz de velas, um mistério profundo, a mais linda do mundo”

Isabella Pinheiro e Paulo Ricardo
Isabella Pinheiro e Paulo Ricardo (Reprodução/ Instagram)

“Te amo muito e tanto que ainda me espanto e me deslumbro cada vez que te descubro!”, completou.

“Feliz tudo, minha mulher, companheira, cúmplice, minha parceira, minha religião, meu coração nas tuas mãos, beijos sem fim que vêm de mim, de Paola, Bebela, Dudu, Didica, Tokyo & Kao 4 ever & ever”, disse o cantor.

Mas alguns fãs não perdoaram e trataram de fazer brincadeiras com a diferença de idade entre o casal. Um deles chegou a dizer: “Como está grande sua filha! Parabéns”.

Isabella Pinheiro e Paulo Ricardo
Isabella Pinheiro e Paulo Ricardo (Reprodução/ Instagram)

Numa entrevista no ano passado, ele falou do orgulho que sente ao ver sua música tocando no Big Brother Brasil.

“O BBB foi um grande presente; há pelo menos sete anos, faço uma nova versão para cada temporada. Não assisto ao programa assiduamente, mas, este ano, o meu big brother Boninho acertou na mosca com a escalação dos participantes do camarote e da pipoca. Um bafo”, disse aos risos.

Ele ainda falou que é workaholic e que está sempre pensando no próximo trabalho.

“O próximo trabalho, a próxima música, o próximo show. Sou workaholic, confesso… Na carreira solo, atingi um público diferente, e essa renovação vai acontecendo de pai pra filho, assim como essa espécie de culto aos anos 80, que foram realmente muito ricos. Marcou o fim da ditadura, com as Diretas Já, a chegada dos sintetizadores e da estética dos videoclipes, a revolução sexual, aquela euforia dos planos econômicos, o Rock in Rio em 85, a moda, o teatro, a televisão, os quadrinhos, grafites, a literatura…. Enfim, muita coisa boa, que, inclusive, permanecem até hoje, exceto os mullets e as ombreiras”, disse.

Isabella Pinheiro e Paulo Ricardo
Isabella Pinheiro e Paulo Ricardo (Reprodução/ Instagram)

Ele chegou a dizer que aprendeu muito com os erros que cometeu em sua carreira, e com alguns insucessos que teve.

“São muitos [fracassos], mas, sem eles, a gente não aprende nada. Um brinde aos insucessos, mas se eu tiver que escolher, um seria meu CD Toquinho e Paulo Ricardo cantam Vinicius, um belíssimo trabalho que pouca gente ouviu e que, por razões burocráticas, não está nos apps de música – uma pena”, disse.

DEIXE SUA OPINIÃO

Veja mais ›