Pela primeira vez na história, o Festival Montreux Jazz é CANCELADO

Montreux Jazz Festival
(Reprodução: Instagram)

O Festival Montreux Jazz é um dos maiores festivais de músicas conhecidos pelo mundo inteiro. Produzido na Suíça desde o ano de 1967, é o maior festival no país.

Acontecendo sempre no mês de julho em na cidade de Montreux às margens do Lago Léman, desde a sua criação, pela primeira vez na história do festival, houve um cancelamento.

O Festival Montreux Jazz foi produzido pela primeira vez em um cassino e teve três dias de duração. As atrações presentes eram todas no estilo musical. Mas com o grande sucesso e grandes artistas estando presentes nos dias de atração, o Festival Montreux Jazz passou a abranger mais gêneros musicais.

Ao se tornar um conhecido mundialmente, o festival começou a carregar uma grande legião de fãs, que o aguardam todos os anos. Porém, o que ninguém esperava, seria a propagação do COVID-19 de forma tão séria.

Não só o Festival Montreux, mas muitos outros shows e espetáculos foram cancelados ou adiados, como forma de prevenção à propagação do vírus. O Lollapalooza por exemplo, foi adiado para o mês de dezembro.

De acordo com o site oficial do festival, essa edição foi cancelada. A próxima edição ocorrerá de fato em 2021. Leia o pronunciamento:

“Caros frequentadores do festival, estávamos preparados para isso há vários dias, mas isso não tira nada da tristeza que sentimos hoje. É com pesar que os organizadores do Festival de Jazz de Montreux anunciam hoje que o evento deste ano, que aconteceria de 3 a 18 de julho de 2020, não ocorrerá. O programa planejado para este verão será parcialmente transferido para o Festival do ano que vem, que acontecerá de 2 a 17 de julho de 2021. Nesta quinta-feira, 16 de abril, o Conselho Federal Suíço anunciou que diminuiria gradualmente algumas das medidas de proteção contra o coronavírus, mas mantendo a maioria das medidas necessárias de higiene e distanciamento social. Esta é a primeira vez que o Festival teve que ser cancelado em seus 53 anos de história, reunindo pessoas e produzindo momentos musicais lendários.O Festival está trabalhando para reprogramar os shows que já foram anunciados – Lionel Richie e Brittany Howard em 8 de julho de 2020, e Lenny Kravitz e Black Pumas em 13 de julho – para o próximo ano e manterá todos os detentores de ingressos informados. ” 

Veja mais ›