Pocah usa look minimalista em vídeo de dança arrasador

A cantora Pocah entrou em mais um desafio que está bombando nas redes sociais. A famosa apareceu dançando uma coreografia poderosa e deixou os seguidores de boca aberta com todo o seu gingado.

Ao som da música Se Essa Bunda, do grupo Costa Gold com Kawe e André Nine, a gata esbanjou estilo com um look minimalista e mostrou que sabe mexer o bumbum como ninguém.

O registro rendeu em poucas horas de publicado mais de 300 mil curtidas e diversos elogios dos fãs, que não economizaram nos adjetivos para descrever o vídeo. “Que jornadaaaaaa”, brincou a ex-BBB Lumena Aleluia. “Espetáculo”, completou Ana Paula Renault.

“Uma verdadeira gostosa passando na minha time line. Bjs 😮😍”, reagiua rapper Cynthia Luz. “VIVIANE EU TO EM CHOQUE VC EH MT LINDA”, disse uma fã, citando o nome de batismo da artista. “Mamis sempre belíssima ❤️”, elogiou mais um.

Brigas violentas

Na última semana Pocah foi destaque do programa Papo de Segunda, do GNT, onde ela desabafou sobre já ter sido vítima de violência doméstica. A artista se emocionou durante a entrevista e falou da importância de denunciar casos do tipo.

“Eu vivi muitos anos com essa pessoa e eu comecei a namorar muito nova. Esse relacionamento, ele é completamente conturbado, era infernal pra mim e pra quem estivesse ao meu redor. Minha família, meus amigos, era terrível e eu via o quanto era tóxico e as pessoas falavam o quanto. Eu tentava de todas as formas me livrar daquilo“, disse a artista.

A funkeira continuou o relato e afirmou que não apenas sofria com agressões físicas, mas também com outros tipos de violência. “Havia agressões físicas, verbais e psicológicas, manipulação, meu temor a Deus. Sou uma pessoa que tenho uma ligação com Deus muito grande e essa pessoa usava a minha fé”, contou.

A cantora chegou a dizer que as agressões por parte do pai de sua filha eram tantas, que ela por pouco não perdeu a visão de um dos olhos: “Eu dizia: ‘O que você fez comigo? Eu quase fiquei cega do olho esquerdo‘. Era pesado. Em diversos momentos fui agredida, queria ir embora e ele dizia que estava sendo usado pelo diabo e que aquilo era o testemunho da nossa vida e que a gente iria contar isso como uma vitória”.

“Eu perdoei uma vez, perdoei duas vezes, três vezes e muito mais. Sabe por que? Porque eu tinha medo das ameaças que eu recebia. Tinha medo de morrer em diversos momentos em meio a essas brigas, achei que eu fosse morrer. A sensação que eu tinha é que eu já tava morrendo”.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver as últimas notícias dos famosos e deixe seu comentário clicando aqui.

MAIS LIDAS

Surenã Dias
Formado em jornalismo pela UNIME Salvador, possui passagem por rádio, jornal e trabalha com público de internet desde 2016. Atualmente tem focado em projetos de audiovisual, cultura pop e celebridades.
Veja mais ›