Rafa Brites conta a empolgação do filho com a gravidez

Rafa Brites (Foto: Reprodução)

A apresentadora Rafa Brites, que recentemente anunciou que está gravida pela segunda vez, usou os stories do Instagram nesta terça-feira (27) para responder a caixinha de perguntas. Ela que é casada com o apresentador da Globo Felipe Andreoli e com quem já tem o pequeno Rocco, de 4 anos de idade, contou que o seu primogênito está muito empolgado com a chegada de um irmão.  

“Ele está amando! Ontem eu falei pra gente ir ao shopping comprar presente pro bebezinho. ‘Agora você vai escolher’. Ele falou pra todo mundo do shopping que tinha um bebê na minha barriga”, contou ela. 

Rafa Brites
Rafa Brites (Reprodução/Instagram)

Ela ainda falou as diferenças entre a primeira e a segunda gestação: “Acho que na minha gravidez, pós-parto e primeiros anos do Rocco, não priorizei a maternidade, mas, neste momento, estou priorizando tanto a minha gravidez como minha relação com Rocco”, falou ela. 

Direito de escolher

Brites ainda fez questão de ressaltar que as mulheres tem direito a escolha sobre cuidar dos filhos em tempo integral ou aliar o trabalho com a maternidade: “Quando Rocco tinha 2 meses, tive uma babá que me ajudava, foi maravilhoso, foi essencial. No momento atual resolvi priorizar essa função. Apesar de me achar uma ótima mãe, prestativa, em muitos momentos eu não estava presente: comida do dia a dia, uniforme, levar e buscar na escola, eu fazia pontualmente, mas não na rotina”, afirmou ela. 

Reaproximação dos pais com os filhos

A apresentadora refletiu que a pandemia provocada pela Covid-19 reaproximou mais os pais aos filhos, e acredita que vão ter muitos frutos dessa aproximação familiar: 

 “Isso trouxe uma segurança pra ele, um crescimento muito significativo. Muita gente não tem privilégios de ter uma cuidadora ou até uma creche. Tem uns benefícios de ser mãe e estar presente no dia a dia do seu filho e pode ter certeza que vocês vão colher muitos frutos dessa presença. Acho muito importante e essencial” , completou ela, que, disse não apontar o dedo para as mães que se dedicaram aos filhos.

“Não julgo as mães que se dedicaram aos filhos. Isso nunca romantizando a falta de estrutura, falta de rede de apoio, falta de políticas sociais, porque tem que ser uma opção. Se ela quer cuidar dos filhos, ela tem um resguardo mas, se ela quiser voltar pro mercado de trabalho, ela também pode. Isso é muito importante”, finalizou ela. 

Rafa Brites
Rafa Brites (Reprodução/Instagram)

Veja mais ›