Rafa Brites fala sobre a sua segunda gravidez

A apresentadora Rafa Brites, de 34 anos de idade, espera pela chegada do seu filho, fruto do seu casamento com o apresentador esportivo Felipe Andreoli. Em sua conta do Instagram, disse que tem se sentido muito mal durante a gestação do seu filho Leon. 

“Eu tenho passado muito mal por causa da gravidez. Parece que estou num barco o tempo inteiro, estou dormindo muito… não está legal”, disse ela.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Na sequencia, a famosa celebrou o fato de ter conseguido se exercitar pela manhã: “Hoje eu acordei e andei 40 minutos na esteira. Não andei para suar, para malhar, mas para me movimentar. O meu dia muda muito. Muda o meu astral, minha disposição, a maneira como eu durmo”, falou ela.

Rafa Brites
Rafa Brites (Reprodução/Instagram)

Apelo para as gestantes

Recentemente, a empresaria usou as suas redes sociais para publicar um video um tanto quanto motivacional, e com um apelo para que as pessoas olhassem com carinho para todas as gestantes:

“Vamos falar a real sobre gravidez? Começa que não existe ‘a’ gravidez. Existe cada mulher diferente, existe cada corpo diferente… Cada gravidez é uma gravidez, só que a sociedade assume que, já que você está carregando uma vida e foi abençoada – algo que de fato fui porque queria muito esse filho – isso traz a mulher automaticamente para um sentimento de deusa, conquistadora, poder. Não, não me traz. No momento eu estou, que mal consigo sair da cama. Na minha primeira gravidez, após a 14ª semana eu comecei a me sentir maravilhosa até o final, até começar a amamentação. Talvez algumas mulheres se sintam maravilhosas os 9 meses”, falou ela.

Medos e receios da gestação

Em seguida, a apresentadora abriu o jogo e revelou todos os medos que vive e viveu durante o período de gestação: “Dentro da minha família, somos em três irmãs. Uma irmã teve uma gravidez e amamentação incrível, eu tenho as minhas questões, e a minha outra irmã não quer engravidar e a gente precisa respeitar. Existem frases como: ‘gravidez não é doença’, tiram totalmente o crédito das nossas emoções, do que estamos sentindo, iniciou ela.Desculpa, mas gravidez é um medo, e olha que eu sou uma pessoa com estrutura familiar, médica, e eu me cago de medo o tempo inteiro, tanto na primeira gravidez como agora. Todas as complicações que podem existir”, falou ela, que pediu para que todas as pessoas possam compreender a mudança de comportamento das mulheres. 

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

MAIS LIDAS

Veja mais ›