Rita Cadillac volta a desabafar e diz: “Às vezes tenho vontade de desistir de tudo”

A cantora Rita Cadillac (Imagem: Reprodução / Instagram)

A ex-chacrete Rita Cadillac ganhou muita repercussão nas últimas semanas depois de deixar claro que está passando por problemas financeiros causados pela pandemia do novo coronavírus. Em entrevista à revista Quem, a famosa, que atualmente tem 66 anos de idade, falou sobre ter pedido o auxílio emergencial. “Sou cidadã. Tenho direitos. Se não está entrando dinheiro e as contas estão chegando, vou fazer o que?”, questionou.

Questionada sobre como tem sido o enfrentamento à pandemia, ela mostra que não tem sido fácil. “Eu estou vivendo com algumas reservas que ainda tinha e, como não entra dinheiro para quase ninguém, está difícil. Viver da profissão, como eu – faço shows, faço eventos e presenças vip – é difícil nessas horas. Está tudo parado”, desabafou ela, que afirmou ter se sentindo muito mal quando foi questionada por ter solicitado a ajuda de R$ 600 do governo.

Desabafo

“Eu sou uma cidadã. E quem pediu foi a cidadã Rita de Cássia. Se não está entrando dinheiro e as contas estão chegando, vou fazer o que? E nem todo artista é rico. Lógico, existem os ricos e existem aqueles que trabalham para sobreviver. E eu sou uma artista que trabalha para viver e para sobreviver”, disse a famosa.

Ao responder se é uma mulher de fé, Rita Cadillac afirma que sim, mas que em alguns momentos tem vontade de desistir de tudo. “Sim. Isso que importa: a minha fé! E a minha fé está me levando para onde eu tenho que ir. A fé está me fazendo seguir em frente com essa pandemia, porque a vontade que às vezes tenho é de desistir de tudo. Porque está muito difícil de sobreviver sem poder trabalhar. A gente tem que ter fé para que isso passe rapidinho. Se Deus quiser, vai dar tudo certo. Apesar de saber que a carreira do artista de teatro, de televisão ou de show, será a última das últimas a voltar”, completou.

DEIXE SUA OPINIÃO

comments