Romulo Estrela comenta cenas intensas de ‘Verdades Secretas 2’

Romulo Estrela, um dos atores presentes na nova temporada de ‘Verdades Secretas 2’, que estreia nesta quarta-feira (20), no Globoplay, comentou em entrevista à jornalista Carla Neves, da revista Quem, sobre as cenas intensas da novela, incluindo sequências de sexo, violência e abusos.

Na trama, o artista viverá Cristiano, um detetive contratado por Giovanna (Agatha Moreira) para investigar os fatos envolvendo a morte de Alex (Rodrigo Lombardi), que foi assassinado por Angel (Camila Queiroz) na primeira fase. Entretanto, ao longo dos capítulos, o personagem terá relações sexuais com as duas modelos.

“Ele é um policial civil que está afastado da corporação porque cometeu um erro no passado e hoje trabalha como detetive particular. É assim que ele entra na trama de ‘Verdades Secretas II’. A Giovanna (Agatha Moreira) o contrata porque quer descobrir o que aconteceu com o pai. Ela tem certeza que a Angel matou o Alex. Falando de dramaturgia, é muito bacana ver como o Walcyr (Carrasco) constrói tudo isso. E o Cristiano acaba entrando no mundo da moda muito por isso. E aí que ele encontra a Angel.”, adiantou.

Cenas de sexo em ‘Verdades Secretas 2’

Ao comentar sobre as cenas de sexo que são uma verdadeira marca registrada de ‘Verdades Secretas’ e que prometem ser ainda mais frequentes na nova temporada, Romulo Estrela conta que ficou muito surpreso, já que nunca tinha usado tanto tapa-sexo em um projeto.

“Para mim foi muito novo gravar tantas cenas de sexo, usar o tapa-sexo o tempo inteiro. Temos muitas cenas nesse lugar, mas tivemos, ao mesmo tempo, uma tranquilidade para ficar assim. Porque, desde o início, teve um papo com a direção.Principalmente com a Amora, em que colocamos na mesa o que nos deixava confortáveis – ou não – para fazermos as cenas de sexo, que ao contrário do que todo mundo imagina, são extremamente trabalhosas, difíceis e cansativas. Às vezes, fazemos só uma cena de sexo o dia inteiro. Chegávamos onze da manhã, começávamos a gravar uma da tarde e íamos embora nove da noite e tínhamos feito uma cena de sexo só. Porque são cenas mais delicadas, que exigem um cuidado.”, detalhou o artista.

O ator contou também, como foi o preparo para as cenas mais quentes e as adaptações que foram necessárias por conta da pandemia. “Tivemos liberdade para co-dirigir essas cenas. E também para nos sentirmos confortáveis para entregar o que a direção pedia e o texto também queria. No início, apesar da falta de costume, eu me adaptei muito rápido a isso e fui ficando tranquilo. Porque também temos uma equipe muito reduzida. Estamos falando de uma série que começou a ser gravada na pandemia.”, explicou ele.

“Ainda estamos [na pandemia], mas estamos com a dose dupla da vacina, continuamos com os protocolos, mas as coisas estão mais tranquilas. Sempre tivemos uma equipe reduzida. Não só pela intimidade que o projeto exigia, mas também porque era a condição de se trabalhar naquele momento. Foi muito bom poder contar com a direção nesse lugar do co-dirigir. Estamos precisando do novo dentro da dramaturgia brasileira, principalmente essa que conhecemos e somos fãs, que é a novela. Estamos fazendo a primeira novela de streaming. E sinto muito orgulho de fazer parte desse projeto.”, afirmou.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver as últimas notícias dos famosos e deixe seu comentário clicando aqui.

MAIS LIDAS

Henrique Souza
Mineiro, 26 anos, Graduado em Comunicação Social, Redator e Social Media.
Veja mais ›