Samara Felippo faz foto chamativa e provoca fãs

publicidade

A atriz Samara Felippo vem se mostrando cada vez mais ousada nas redes sociais. Utilizando a ferramenta stories de sua conta oficial no Instagram, em que conta com mais de 1,4 milhão de seguidores, ela surgiu de forma inusitada.

Samara publicou uma foto em que surge fazendo topless na frente do espelho. Com uma calcinha fio-dental, a musa ainda deixou suas curvas em evidência. “A mãe também sensualiza sozinha no quarto pós-trabalho, antes de dormir”, afirmou a famosa, que tem 43 anos de idade.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Veja a foto publicada por Samara Felippo nas redes sociais:

Filha sofreu racismo

Em setembro, Samara Felippo usou as redes sociais para fazer um desabafo a respeito de Lara, sua filha mais nova, que tem apenas oito anos de idade. Naquela ocasião, a famosa explicou que a menina sofreu racismo na escolha em que estuda. Ela se abriu com a mãe para falar sobre o tema apenas depois de uma semana.

“A Lara veio me relatando que um amiguinho dela chamou ela de negrinha chata: ‘Ah, sua negrinha chata’. Só que ela veio me contar isso, sei lá, uma semana depois do ocorrido. E aí, me deu uma taquicardia momentânea e eu falei: ‘Filha, está tudo bem? Como é que você recebeu isso? Você precisa falar para a professora na hora’. Porque o menino branco lá que falou não pode repetir isso. Ele tem que aprender que isso é crime… Eu falei: ‘Fala para ele que se ele não pagar, os pais dele vão pagar’”, afirmou a famosa.

Outros detalhes

Na sequência, Samara disse que ficou revoltada com o ocorrido e tomou a decisão de entrar em contato com a escolha através de um e-mail. “Falei:  ‘Aconteceu isso, isso e isso e eu quero saber se vocês vão falar com os pais’. Eu estava até discutindo isso com o meu companheiro: ‘Como é que a gente vai começar a ter uma resposta positiva da sociedade se esse menino branco chega na escola, que se diz inclusiva, antirracista, mas em casa os pais são imbecis, e ele vai repetir os que os pais estão falando’… E crianças como a minha filha e tantas crianças pretas que deixam de ir para a escola e são feridas na primeira infância, atravessadas pelo racismo…”, disse ela finalizando na sequência.

publicidade

Eu fiquei muito p*. E ela é forte sabe… Eu falei: ‘Você está bem meu amor, está tudo bem? Você se ofendeu, se humilhou?’ Ela respondeu: ‘Não, mamãe, eu só fiquei com vergonha de falar na hora’. Eu disse: ‘Mas tem que falar na hora, não só para esse corpo docente saber, ter capacidade de lidar com a situação racista, como para esse menino aprender também”, encerrou, dizendo que o menino em questão foi chamado.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Thiago Freitas
Marketing - Centro Universitário de Belo Horizonte. Atua como redator para o nicho de TV e famosos.
Veja mais ›