Sergio Guizé revela trauma após momento assustador na família

Sergio Guizé relatou drama que viveu após a irmã ficar doente. Grávida, Nadja Correa contraiu a covid-19 e precisou ser intubada, correndo risco de vida.

Em entrevista ao jornal O Globo, o ator, que está no ar em Verdades Secretas 2 no Globoplay, falou sobre a situação. Ele contou que Nadja teve complicações causadas pelo coronavírus aos oito meses de gestação, mas sobreviveu e deu à luz uma menina. Valentina vai completar o primeiro ano de vida em novembro.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

“Valentina é uma guerreira. Nadja teve um parto às pressas. Ela foi intubada. Como o marido dela estava com Covid também, eu que acompanhei o parto. Minha afilhada é linda, não dá nem para acreditar. Ela vai fazer 11 meses. Foi uma das piores coisas que me aconteceram e também uma das melhores. A gente acaba ficando mais forte depois disso”, relatou.

“Tem quase seis meses que estou no Rio. Num primeiro momento, foi assustador de verdade. Fazia tempo que eu não via tante gente. Isso, psicologicamente, não é fácil. Mas a gente confia. Nesses anos todos trabalhando na Globo, sempre fui muito bem amparado. Então, isso me dava um alívio. Sabia que não estava indo para uma roubada, sabia que tinha um porto seguro”, disse Sergio Guizé.

Ator fala sobre drama da irmã

Em junho, o ator comemorou a vacinação de Nadja e falou sobre ela ter sido intubada por causa de complicações da covid-19.

“Só quem passou o que essa guerreira e sua filha passaram, pode imaginar o quão emocionante é esse momento para nós da família, amigos, enfermeiros , médicos…

A minha irmã Nadja Correia descobriu a diabetes e logo foi infectada pela Covid, estava grávida de 8 meses, fizemos o parto às pressas (eu estava lá) pois o meu cunhado também tinha sido infectado, logo após o parto a bebê foi pra incubadora e a Nadja foi pra UTI e depois intubada. Isso foi em dezembro, desesperador!”, disse ele na época.

Sergio Guizé protesta contra Bolsonaro

Depois de receber a vacina contra a covid-19, Guizé protestou contra Jair Bolsonaro e pediu a prisão do presidente. Ele considerou o político como “genocida”, o acusou de corrupção e pediu que as pessoas continuassem se vacinando.

“Vacinem- se , usem máscaras. Fora Bolsonaro genocida e a sua corja de cúmplices. Agora mais forte para as manifestações do dia 23 de julho, pedir cadeia para o sabotador da república, da ciência e dos brasileiros, dizer que temos vergonha das forças armadas que deveriam estar ao lado do povo , proteger o povo e não o presidente que é corrupto e a sua família de bandidos/milicianos, disparou Sergio Guizé na ocasião.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

MAIS LIDAS

Vitor Peccoli
Publicitário, roteirista formado pela Casa Aguinaldo Silva de Artes. Escreve sobre TV e famosos desde 2013 | Contato: redacao@spinoff.com.br
Veja mais ›