Shantal fala sobre os efeitos colaterais do seu parto

publicidade

A influenciadora digital Shantal Verdelho usou as suas redes sociais para conversar com os seus seguidores sobre as adversidades da gestação de sua filha Domênica, fruto do seu relacionamento com o modelo Matheus Verdelho.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Com muitos vídeos em fotos compartilhadas, Shantal explicou os que perrengues que vivenciou durante o trabalho de parto, as dores sentidas e até mesmo os momentos incríveis.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

A princípio, a influenciadora relatou as intensas dores sentidas, o que de certa forma acabou atrapalhando o duração de tempo em que ela ficou na banheira parto. A respeito do pós-parto, Shantal abriu o coração e contou os efeitos colaterais dias após a gestação:

Tive laceração de grau 1 e 2, que pega gordura, mucosa, pele, porém não cortou músculo. Tive uma pequena hemorroida (ninguém fala sobre isso, porém acontece muito, é comum, natural e se resolve sozinha na maioria das vezes), que já saiu por conta da força que fiz, e só”, contou ela.

Por fim, a famosa contou sobre as cobranças feitas nas redes socias após a gestação: “Quando postei essa foto, muita gente ‘reclamou’ que eu não estava tão emocionada quanto Matheus na hora que peguei ela, e honestamente eu comecei a passar tão mal, que só pensava: ‘Meu Deus, preciso ficar bem para cuidar dela’. A emoção ficou de lado e deu espaço para a preocupação. Eu jamais deixaria de contar isso aqui, pois acho que pode tirar a ‘culpa’ de algumas mulheres, para elas saberem que isso também acontece com outras pessoas”, finalizou.

Contou sobre o trabalho de parto

Recentemente, a influenciadora digital voltou a usar as redes sociais para conversar com os seus seguidores. Na ocasião, Shantal abriu o jogo e contou sobre o trabalho de parto que chegou a durar 48 horas.

publicidade

“Foram mais de 48 horas de trabalho de parto. Começou dia 11 de setembro, às 13h, e nasceu dia 13, às 8h18. A parte do expulsivo (que o bebê tá praticamente com a cabeça ‘ali’ demorou duas horas. “Pensei! Se não tivesse tomado analgesia de parto, com certeza teria ido para cesária. Por duas vezes eu falei “gente to pensando em desistir”, mas sempre teve alguém me lembrando de que aquilo era meu sonho”, desabafou.

Shantal contou que ficou bem feliz ao ver a chegada de sua filha ao mundo: “Senti um alívio e emoção, mas fiz tanta força e tanta dor e exercícios por tanto tempo, que quando nasceu, passei mal, vomitei e a pressão baixou”, falou ela.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›