Shantal Verdelho expõe suas fragilidades ao relembrar violência

publicidade

Shantal Verdelho expôs suas fragilidades ao relembrar o caso de violência obstétrica que sofreu em setembro do ano passado, durante o parto de Domenica, sua filha com Mateus Verdelho.  Em conversa com a jornalista Yasmin Setubal, da revista ELA, a influenciadora comentou que ainda vem tentando superar o episódio traumático.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

“Esse episódio que eu passei não me fortaleceu, não, muito pelo contrário. Me deixou fragilizada. Me deixou com medo. Me deixou triste, sensibilizada de uma forma que eu nunca tinha ficado antes na minha vida. Eu tinha um sonho de parir. O parto pra mim não era só um passo pra eu ter minha filha. O parto pra mim era um sonho de viver esse momento.”, destacou a influencer. “Eu estou tentando me levantar e resolver o que aconteceu. Tentar ressignificar esse momento, tentar sair dessa vibração de vítima… tentando tentar.”, acrescentou.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Segundo Shantal, toda essa situação não a fortaleceu, mas evidenciou ainda mais seu lado humano.

“Não necessariamente isso me tornou mais forte, mas talvez tenha só me mostrado um lado bem humano. Que eu sou muito humana e que sofro muito e que consigo chegar no fim do poço, mas que também consigo sair. Desenvolver mecanismos pra gente sair de vibrações muito, muito intensas.”, explicou ela.

O episódio de violência obstétrica veio à tona no fim do ano passado. Em áudio vazado nas redes sociais, a influencer acusou o médico responsável pelo parto, de usar palavrões contra ela e expor sua intimidade para o pai da criança, Mateus Verdelho, durante o procedimento. Na época, o médico negou as acusações e afirmou que “o parto da Sra. Shantal aconteceu sem qualquer intercorrência”.

Shantal Verdelho fala sobre maternidade

Na entrevista, Shantal Verdelho também comentou como busca conciliar o “ser mulher” com a maternidade. Para a influenciadora, apesar de serem duas coisas que andam juntas, acabam se dividindo em muitas situações.

publicidade

“Em certa parte anda junto, eu ser mulher e ser mãe sendo uma coisa só. Em outra, anda separado. Em muitas coisas a gente deixa de se sentir indivíduo quando materna. Principalmente com criança pequena.”, afirmou.

“Não vou romantizar a maternidade e dizer que dá pra separar o ser mãe, ser mulher, ser amiga, ser empresária, ser esposa… não dá. Vira uma bagunça porque a sua prioridade era aquele ser que não consegue encontrar o que você pode oferecer a outras pessoas. Então realmente a gente vai cortando o cordão umbilical aos poucos. Eu consigo marcar uma viagem sozinha com o meu marido, mas eu vou estar sempre pensando neles. Mas em pequenas coisas do meu dia, como malhar ou tomar um vinho, eu consigo ser o indivíduo mulher, mas logo volto para esse “modo mãe”.”, explicou Shantal Verdelho.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›