Sheila Mello dança samba gafieira e ganha elogios: “maravilhosa”

Sheila Mello (Reprodução/Instagram)
Sheila Mello (Reprodução/Instagram)

Sheila Mello atualizou seu perfil do Instagram nesta última terça-feira (20) e deixou os seguidores encantados ao surgir dançando um samba de gafieira. A famosa estava acompanhada do coreografo Marcelo Chocolate.

Ao som da clássica música Convite a Gafieira, do cantor Charlie Dief, a loira mostrou toda a sua desenvoltura em meio ao salão. Com um vestido lilás estampado, a gata ostentou os pernões entre um movimento e outro.

“Aproveitei a ida ao RJ para dançar com o @chocolatemarcelo 💃🤩”, escreveu a artista, que contou com mais de 7 mil curtidas pela publicação divertida.

Entre os comentários, o que não faltaram foram elogios. “Que legaaal!!! Dois grandes dançarinos 😃👏🏾 e muito massa ver vc dançando um samba de gafieira também Sheilaaaa rsrs 🤗👏🏾👏🏾👏🏾👏🏾👏🏾”, reagiu um fã.

“Dançar é tão bomm ❤️vcs dançam muito 👏”, disse mais uma. “Muito maravilhosa 😍👏👏”, se derreteu outra. “Deu até vontade de dançar tb! 😍🔥❤️”, confessou mais uma.

Vale destacar que na última semana Sheila Mello foi alvo de um comentário preconceituoso sobre sua idade. A famosa publicou um vídeo fazendo uma dança sensual e acabou incomodando uma seguidora, que afirmou que ela “estava muito velha para aquilo”.

Rebateu críticas

Convidada do programa Encontro com Fátima Bernardes da última sexta-feira (16), Sheila Mello, que está com 42 anos, falou sobre os comentários preconceituosos por conta de sua idade. Apesar de reflexiva, a famosa garantiu que não ficou magoada.

“A dança sempre esteve presente em minha vida, desde pequena, foi como me construí pessoalmente e profissionalmente. Para mim, é algo sagrado, independentemente da idade. As críticas que recebi não me magoaram, mas me levaram a propor uma reflexão. O problema não está comigo”, afirmou a bailarina.

Sobre o comentário em questão, Sheila disse que não teve a intensão que ele viralizasse, mas que contribuísse para um diálogo sobre o assunto. Ainda segundo a famosa, sua relação com a dança não se resume a sensualidade.

“O palco me dá força. Está separado dessa questão de sensualidade, da sexualidade. Quando eu respondi [os comentários], queria que as pessoas contribuíssem [com esse diálogo], porque não é um problema meu, é um problema coletivo”, apontou.

A loira continuou o desabafo argumentando que comentários como o que ela recebeu é um reflexo de uma cultura machista da sociedade. “Não tenho problemas com o meu micro. Minha mãe, minha família sempre abençoaram a dança. O problema é um sintoma do macro, que por trás tem falas machistas. Quando alguém diz isso, que é para eu deixar a dança para as novinhas, há uma questão social projetada por trás dessa pessoa, de falas machistas da família daquela pessoa”, argumentou.

Surenã Dias
Formado em jornalismo pela UNIME Salvador, possui passagem por rádio, jornal e trabalha com público de internet desde 2016. Atualmente tem focado em projetos de audiovisual, cultura pop e celebridades.
Veja mais ›