Sheila Mello ostenta flexibilidade em foto

A dançarina Sheila Mello, que fez parte do grupo É o Tchan, publicou uma foto bastante chamativa nas redes sociais. Atualizando o feed de sua conta oficial no Instagram, ela surgiu com uma calça coladinha e roubou a cena ao mostrar sua flexibilidade.

Na legenda da postagem, ela interagiu com seus fãs. “Mulher elástica passando no seu feed. Aquele alongamento de lei, antes de iniciar o treino. Já treinaram hoje? Me conta qual é a sua parte favorita do treino!”, pediu ela, que recebeu mais de 40 mil curtidas em algumas horas. Na caixa de comentários, é claro, muitos elogios.

Confira a foto de Sheila Mello nas redes sociais:

Desabafo

Ainda falando a respeito de Sheila Mello, vale lembrar que a famosa fez uma participação especial no programa Encontro, da Globo, em julho. Naquela ocasião, a famosa, de 42 anos, desabafou sobre críticas que vem recebendo, já que ouviu críticas de pessoas nas redes sociais que afirmaram que ela deveria parar de dançar por conta da idade.

A dança sempre esteve presente em minha vida, desde pequena, foi como me construí pessoalmente e profissionalmente. Para mim, é algo sagrado, independentemente da idade. As críticas que recebi não me magoaram, mas me levaram a propor uma reflexão. O problema não está comigo”, desabafou.

Amor à dança

Em outro ponto, a ex-É o Tchan disse que é apaixonada pela dança e não acha que isso tenha ligação com a sensualidade. “O palco me dá força. Está separado dessa questão de sensualidade, da sexualidade. Quando eu respondi [os comentários], queria que as pessoas contribuíssem [com esse diálogo], porque não é um problema meu, é um problema coletivo”, afirmou ela, citando o machismo na sequência.

Não tenho problemas com o meu micro. Minha mãe, minha família sempre abençoaram a dança. O problema é um sintoma do macro, que por trás tem falas machistas. Quando alguém diz isso, que é para eu deixar a dança para as novinhas, há uma questão social projetada por trás dessa pessoa, de falas machistas da família daquela pessoa”, continuou.
Sheila ainda fez mais um desabafo antes de concluir. “Acho que não tem como a gente não se importar com a fala do outro, porque a nossa psique é formada por projeções das falas [por exemplo] da mãe, dos amigos da escola, da professora. É normal. Só que tem que ser um normal saudável. Vocês viram o vídeo? Teve rebolado? Não teve! Até as pessoas que me defenderam mostraram que têm uma questão da sensualidade por trás. A gente é um país que tem essa máscara de ser liberal demais, mas com a sexualidade não somos”, finalizou.

Thiago Freitas
Marketing - Centro Universitário de Belo Horizonte. Atua como redator para o nicho de TV e famosos.
Veja mais ›