Spice Girl conta que chorava ao entrar no grupo

Emma Bunton
Emma Bunton (Reprodução)

Quando passou a integrar as Spice Girls, Emma Bunton era a mais nova das cantoras do grupo com apenas 19 anos, e pelo visto não foi nada fácil para ela, já que ela afirmou numa entrevista que chegou a chorar por saudade de casa quando estava em uma turnê com as cantoras.

Isso aconteceu logo que sua carreira no grupo musical britânico começou e ela precisou ficar longe de sua família pela primeira vez, conforme contou ao podcast Honestly.

Aos 44 anos, ela relembrou que foi naquele momento que sentiu que poderia contar com as outras Spice, que acolheram e a ajudaram a passar por aquele momento.

“Na primeira noite que cheguei à [casa] que compartilharia com Victoria [Beckham], eu me deitei na cama e fiquei muito chateada. Porque era minha primeira noite longe de casa”, explicou ela.

“Eu pensei que ou eu deitaria ali e chorava sozinha ou eu iria falar com as meninas”, disse. “Daí eu me levantei e falei: ‘meninas, esta é a minha primeira vez fora de casa e eu sinto que isso vai ser especial. Mas esta é a minha primeira vez fora de casa, eu estou com muita saudade de casa, eu sinto falta da minha mãe e eu não sei o que fazer.”

Bunton explicou que as outras moças, que eram um pouco mais velhas que ela, não a deixaram se entristecer, e a acolheram de coração, numa amizade que dura até hoje.

“Eu pensei que ou eu deitaria ali e chorava sozinha ou eu iria falar com as meninas”, disse.

“Daí eu me levantei e falei: ‘meninas, esta é a minha primeira vez fora de casa e eu sinto que isso vai ser especial. Mas esta é a minha primeira vez fora de casa, eu estou com muita saudade de casa, eu sinto falta da minha mãe e eu não sei o que fazer.”

Diferença para cantoras atuais

A cantora acha que hoje as meninas que entram no meio artístico acabam sendo melhor preparadas para isso, e acredita que se tivesse começado a carreira nos dias atuais, teria um comportamento completamente diferente.

“Eu tinha apenas 19 anos quando [o grupo] começou e não sei como teria lidado com as redes sociais e as fotos se elas existissem naquela época”. Desde que o grupo começou nos anos 1990 para cá, muita coisa mudou, e ela abordou durante o bate-papo o boom tecnológico que faz com que hoje todos tenham um celular.

As Spice Girls chegaram a fazer uma mini turnê com poucos shows comemorativos e a experiência foi muito diferente.

“Nossa primeira turnê [como Spice Girls] foi incrível, e eu me lembro de olhar e ver rostos. Agora, você olha e só vê telefones. Eu penso: ‘realmente espero que vocês estejam absorvendo isto'”. Mas se engana quem pensa que ela é avessa à tecnologia. Pelo contrário.

Ela disse que adorou ter a experiência de lidar com o zoom durante a pandemia, e até elogiou o fato de poder ter uma conversa tranquila com as pessoas.

“Eu ficava com minhas amigas ou em casais quando saía, na verdade ficou bem mais legal porque normalmente você está em um bar barulhento em algum lugar e tem cinco minutos para falar com cada pessoa, enquanto pelo zoom nós poderíamos realmente conversar por algumas horas. Isso ficou muito bom”.

Veja mais ›