Tatá Werneck chora ao homenagear Paulo Gustavo

publicidade

A apresentadora Tatá Werneck prestou uma linda homenagem ao ator Paulo Gustavo na noite desta quarta-feira (8). Ela comandou o Prêmio Multishow 2021, que prestou homenagens ao artista, que faleceu em decorrência da Covid-19 em maio deste ano, e a Marília Mendonça, que não resistiu a um trágico acidente aéreo no mês passado. Ela começou relembrando que comandou a premiação ao lado de Paulo no ano passado.

Há um ano, Iza e eu tivemos a honra de compartilhar e celebrar a presença ilustre do Paulo Gustavo aqui nesse palco. Paulo Gustavo é a pessoa mais engraçada que eu já conheci na minha vida. O amor, humor e a música do Paulo Gustavo e da Marília Mendonça quebraram muitos paradigmas. Paulo Gustavo mostrou que ele poderia ser a mãe mais engraçada do mundo e ao mesmo tempo o pai mais dedicado”, disse Tatá, já chorando.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

O encontro de Paulo e Tatá

Na sequência, começando a se recuperar da grande emoção do início do texto, Tatá relembrou como conheceu Paulo Gustavo. Ela explicou que recebeu uma ligação do comediante e acabou se tornando sua amiga. Ela explica que o famoso se tornou uma grande inspiração por um motivo em especial.

“Eu conheci o Paulo Gustavo no meu aniversário. Eu estava no aeroporto, ele me ligou e falou: ‘Tatá, aqui é Paulo Gustavo. Eu consegui seu telefone e quero ser seu amigo. A gente começou uma amizade como se fossemos íntimos há muito tempo e essa amizade já dura 11 anos. Ele se tornou uma grande inspiração pra mim. Paulo Gustavo não permitia ver nenhum talento que não fosse reconhecido”, disse, admirada.

“Ele era luz”

A apresentadora do Lady Night disse que o intérprete de Dona Hermínia iluminava todos os lugares por onde passava. “Ele era uma luz tão potente e tão generosa que ele iluminava o outro com a própria luz. Ele sabia que dividindo ele estava compartilhando”, afirmou. A humorista concluiu suas palavras falando da grande importância.

Paulo Gustavo era um farol que apontava para o futuro. Um futuro onde ele queria que toda forma de amor fosse respeitada, que toda arte fosse vista com dignidade, e onde o humor é uma forma de cura. O humor para o Paulo ia muito além do riso, era a maneira que ele tinha de se sentir pertencente ao mundo”, concluiu.

publicidade

Veja o vídeo de Tatá Werneck homenageando Paulo Gustavo abaixo:

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

 

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›