Tiago Leifert fala sobre o futuro profissional

O apresentador Tiago Leifert, de 41 anos de idade, na última semana anunciou que vai deixar a Rede Globo no fim do ano após a 10° temporada do The Voice Brasil. Em sua conta oficial do Instagram nesta quarta-feira (15), o comunicador disse que não tem muito conhecimento do seu futuro profissional.

“Eu fico muito lisonjeado que alguém ache que, se eu encostar em alguma coisa, vai virar carreira daqui pra frente. Se eu fizer um churrasco domingo vão falar que vou virar churrasqueiro. Não tenho a menor capacidade de ser tiktoker. Amo o TikTok, vou usar lá para jogar videogame, mas vou usar lá do mesmo jeito que uso aqui, meio sem noção”, disse ele.

“Mas eu superentendo que exista uma curiosidade para saber o que vai acontecer na minha vida daqui pra frente. Também não sei, ainda não sei. Tenho planos? Devo ter, sei lá. Vou pensar. Lá no TikTok, vai ser mais videogame, talvez um negocinho de esporte e cultura pop”, contou ele.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Por fim, Tiago Leifert contou que vai criar uma conta para jogar com os seus fãs: “Em breve a gente pode jogar videogame juntos para nos divertir, já que não vou mais fazer o ‘Zero Um’ mesmo. Quem sabe aqui em casa, quando tiver um tempinho livre, a gente jogue alguma coisa”, encerrou ele.

Real motivo de sair da Globo

Em entrevista ao Mais Você, com a apresentadora Ana Maria Braga, nesta ultima sexta-feira (10), Tiago Leifert falou sobre a sua decisão em deixar a emissora após 16 anos.

“Sair daqui é sair de casa real, a sensação que eu estou hoje é a mesma de quando eu cheguei lá em 2001 e falei para o meu pai e para a minha mãe ‘ eu preciso morar fora, eu preciso estudar em algum que vai me ensinar a fazer televisão do jeito que eu quero aprender, que é com a mão na massa prender câmera, prender cabo. Eu nunca quis jornal, eu nunca quis rádio, eu nunca quis nada, eu queria trabalhar na Globo”, disse ele.

Em seguida, o apresentador disse como encarou o desafio de apresentar o BBB e disse que o reality show é um parêntese na vida das pessoas:

“Eu entendo aquilo como um parênteses na vida das pessoas! ‘Ah mais lá é a vida real’ não é bem a vida real, as pessoas fazem coisas lá dentro que não faria aqui fora, como elas fazem coisas com a faca no pescoço que elas não fariam normalmente”, iniciou.

” Ali é uma situação em que a gente arma, a gente arma a prova do líder, a gente arma o jogo da discórdia, a gente joga obstáculos que normalmente não tem”, finalizou.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›