Tiago Leifert finalmente revela quem são seus ex-BBBs preferidos

Fora da TV Globo, Tiago Leifert finalmente revelou quem são seus ex-BBBs preferidos. Em entrevista à revista GQ Brasil, o apresentador que comandou cinco edições do reality, abriu o jogo sobre o que pensa dos ganhadores de cada temporada e opinou sobre alguns dos participantes.

“E tem alguns que não ganharam e me marcaram como grandes personagens, a quem eu adorava assistir”, afirmou ele, mencionando quais são esses ex-participantes: “O Ilmar no ’17’ era muito bacana. No ’18’, acho que tenho um carinho gigantesco pelo elenco inteiro. Lamento pelo ’19’, pois os grandes jogadores saíram cedo demais. No ’20’, o Prior foi muito importante, assim como o Babu, mas o ’20’ foi o programa das mulheres. No ’21’, o Gil foi muito bom.”, ressaltou Tiago.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Na sequência, Leifert comentou sobre o BBB19, que não teve uma audiência e repercussão tão boa quanto as outras edições. “No ’19’, os grandes jogadores saíram cedo demais. A forma como fizemos o ’20’, de misturar convidados e anônimos, foi uma ideia que nasceu por causa do ’19’. Queríamos uma maneira de manter o jogo sempre vivo, com pessoas competitivas”, explicou ele.

Para Tiago, que optou por não apresentar mais o Big Brother Brasil e decidiu sair da TV Globo, comandar o reality exige diversas funções importantes. “São muitas habilidades que você precisa executar ao mesmo tempo. Precisa ser árbitro, narrador, psicólogo, curinga”, afirmou o famoso. Vale lembrar que, a partir de 2022, o BBB será apresentado por Tadeu Schmidt.

Motivo da saída de Tiago Leifert da Globo

Dias após anunciar sua saída da TV Globo, Tiago Leifert concedeu uma entrevista ao ‘Mais Você’, com a apresentadora Ana Maria Braga, onde explicou o motivo de deixar a emissora após 16 anos.

“Sair daqui é sair de casa real. A sensação que eu estou hoje é a mesma de quando eu cheguei lá em 2001 e falei para o meu pai e para a minha mãe ‘ eu preciso morar fora, eu preciso estudar em algum que vai me ensinar a fazer televisão do jeito que eu quero aprender. Que é com a mão na massa prender câmera, prender cabo. Eu nunca quis jornal, eu nunca quis rádio, eu nunca quis nada, eu queria trabalhar na Globo”, disse ele.

Na época, ele ainda comentou sobre como o BBB é um “parênteses” na vida das pessoas, destacando que na realidade é tudo muito diferente.

“Eu entendo aquilo como um parênteses na vida das pessoas! ‘Ah mais lá é a vida real’ não é bem a vida real. As pessoas fazem coisas lá dentro que não faria aqui fora. Como elas fazem coisas com a faca no pescoço que elas não fariam normalmente. Ali é uma situação em que a gente arma. A gente arma a prova do líder. A gente arma o jogo da discórdia. A gente joga obstáculos que normalmente não tem”, explicou.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Henrique Souza
Mineiro, 26 anos, Graduado em Comunicação Social, Redator e Social Media.
Veja mais ›