Viih Tube fala sobre escrever experiência do BBB 21 em livro

Viih Tube fez história no BBB 21, e saiu com uma porcentagem imensa de rejeição. Acostumada com o cancelamento, a jovem de 21 anos se prepara para lançar o seu primeiro livro, com experiências vividas no reality que consagrou Juliette Freire como campeã.

“Noventa e seis por cento de rejeição. Você consegue imaginar como se sentiria ao saber que foi eliminado de um reality show com essa porcentagem de votos do público? Vou te contar como eu me senti. Naquele momento, um arrepio passou pelo meu corpo todo, como um vento gelado, enquanto eu sentia meu coração disparar e minha visão embaralhar. E eu lá, tentando pelo menos sorrir, numa transmissão ao vivo para todo o Brasil. Uma sensação deliciosa — só que não. Todos os meus traumas, medos e fantasmas vieram à tona em frações de segundo, e eu só pensava numa palavra, não por acaso o título deste livro: “Cancelada”, afirmou.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Já imaginava

Viih Tube ainda na adolescência foi alvo de diversas críticas e ataques, após cuspir na boca de um gato. Ao sair do programa, ela confessou ao Splash UOL, que já esperava o mesmo sentimento, de ser rejeitada e atacada em todos os lados.

“Não sei se posso chamar isso de sorte, mas eu já conhecia muito bem a sensação, e isso me ajudou a enfrentar tudo que vivi naquele momento. Às vezes me pego pensando nas pessoas que entraram no programa sem a vivência que eu já tinha com a exposição, com a falta de privacidade e, principalmente, com o cancelamento. Se foi difícil para mim, pode ter sido ainda mais confuso para quem chegou agora a esse universo, diretamente do anonimato”, pontuou.

De acordo com a influencer, foi somente no programa que ela se deu conta de que precisaria conquistar o público. “Por mais irônico que pareça, foi ali, num programa em que o mais importante era conquistar a simpatia do público, que eu consegui parar de ligar para o que os outros pensariam de mim. É claro que eu me preocupava um pouco com a possibilidade de (mais um!) cancelamento e pensava nos efeitos que uma repercussão negativa da minha participação no programa poderia ter na minha carreira e na minha vida”, afirmou.

Ao concluir, ela enfatizou que não montou personagem e sequer pisou em ovos nos dias de confinamento do programa. “Encarei aquela experiência como uma oportunidade de fazer as pessoas finalmente me conhecerem e tirarem suas próprias conclusões. Era como dizer ao mundo: ‘Pronto, essa sou eu’. Se gostassem, ótimo. Se não gostassem, paciência. Pelo menos eu não precisaria mais pisar em ovos e calcular todos os meus passos e palavras. E foi exatamente o que aconteceu”, afirmou.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Rafael Carvalho
Formado em Jornalismo pela Faculdade das Américas (FAM), já apresentou programa de entretenimento relacionado ao mundo dos famosos e entrevistou artistas do meio.
Veja mais ›